TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Prosegur lança fundo de 30 milhões de euros para investir em tecnologia aplicada à segurança

Postado em: 05/07/2019, às 09:23 por Redação

A Prosegur criou um fundo de investimento, na modalidade Corporate Venture Capital, com um capital inicial de 30 milhões de euros. Esta iniciativa faz parte do projeto de transformação global em que a Prosegur embarcou. A empresa busca, em colaboração com suas coligadas, aprimorar a oferta de serviços tanto em segurança física quanto lógica e continuar gerando valor para o grupo a longo prazo.

Desde a sua constituição, a Prosegur Tech Ventures recebeu mais de 400 propostas de investimento, das quais aproximadamente 150 foram analisadas minuciosamente, para finalizar cinco investimentos até o momento e com a expectativa de fechar outras operações antes do final do ano.

Com a aquisição de ações dessas empresas, a Prosegur, além de conseguir ganhos financeiros, pretende incentivar o desenvolvimento de novas tendências e tecnologias que impactam de forma disruptiva no âmbito da segurança. A empresa quer liderar a transformação do setor de segurança por meio da incorporação de soluções baseadas em tecnologia para área de serviços.

Além disso, a Prosegur está fortalecendo e diferenciando a posição de suas três unidades de negócios que devem operar em ambientes cada vez mais competitivos.

A Prosegur Tech Ventures possui uma equipe dedicada que colabora de maneira muito criteriosa na busca e identificação de oportunidades relevantes para cada unidade de negócio: Prosegur Alarmas, Prosegur Cash e Prosegur Security – que no Brasil atua com a marca Segurpro, em tecnologia e em cibersegurança, atua com a marca Cipher.

Dentro do plano de trabalho que foi projetado, cada empresa deve apoiar as propostas de investimento que são posteriormente aprovadas por um comitê de investimento, formado por especialistas da empresa e por profissionais externos. Dessa forma, a Prosegur está criando uma carteira de investimentos minoritários em start-ups que estão relacionados às atividades do grupo no sentido mais amplo.

Com isso, a empresa aporta seu valor agregado e a experiência de mais de 40 anos como uma das líderes mundiais no setor de segurança, levando as melhores práticas das empresas de Venture Capital com objetivo financeiro.

Os investimentos da Prosegur Tech Ventures não têm uma limitação geográfica, embora seja flexível ao analisar cada investimento, o valor varia de 300 mil euros de investimento mínimo até o máximo de três milhões de euros.

Até o momento, os investimentos realizados correspondem a duas empresas israelenses de cibersegurança, uma que opera sob a plataforma "command & control" e outra que aplica técnicas de tecnologia cognitiva com foco especial no Regulamento Geral de Proteção de Dados – RGPD.

Além disso, a Prosegur Tech Ventures investiu em uma FinTech brasileira especializada em conciliação financeira dedicada ao setor varejista, com capacidade de processar mais de 18 milhões de transações por mês, em uma empresa espanhola da AdTech (tecnologia aplicada ao marketing) especialista, através da incorporação de inteligência artificial, na otimização de leads para a geração de vendas (L2RM).

E, finalmente, uma empresa alemã que desenvolve soluções baseadas em realidade aumentada de aplicação industrial.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial