TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Symantec assina acordo para adquirir a Blue Coat Systems por US$ 4,65 bilhões

Postado em: 13/06/2016, às 18:38 por Redação

A Symantec anunciou nesta segunda-feira, 13, a compra da Blue Coat Systems, desenvolvedora de aplicações de rede e segurança cibernética, em uma transação avaliada em US$ 4,65 bilhões, que dará à fabricante de software de segurança um novo portfólio de tecnologias de defesa cibernética, além de um novo CEO.

Após a conclusão do negócio, que está prevista para ocorrer antes de outubro, o presidente-executivo da Blue Coat, Greg Clark, assumirá o comando da Symantec, que estava à procura de um novo CEO desde que Michael Brown deixou o cargo em abril em meio a resultados financeiros decepcionantes.

Conforme os termos do acordo, o fundo private equity Bain Capital LLC, que controla a Blue Coat, vai investir US$ 750 milhões na empresa combinada na forma de títulos de dívida conversíveis em equivalência patrimonial, enquanto o fundo Silver Lake vai investir R$ 500 milhões também em dívida conversível sobre os US$ 500 milhões que concordou em colocar na Symantec neste ano.

A Symantec é pioneira em software antivírus para computadores pessoais, enquanto a Blue Coat é uma das líderes no mercado de segurança cibernética. A tecnologia da empresa é utilizada por mais de 15 mil empresas para bloquear sites perigosos ou inadequados. Além de fornecer software baseado na venda de licenças (on premises), ela também comercializa programas com base no modelo de venda de software como serviço (SaaS) por meio da nuvem.

No início deste ano, a Blue Coat chegou a apresentar um pedido para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO), mas, segundo estimam analistas de mercado, o valor que ela pretendia levantar com a abertura de capital está na faixa que a Symantec está pagando.

Em uma entrevista conjunta ao The Wall Street Journal, o presidente da Symantec Daniel Schulman e Greg Clark disseram que a empresa combinada terá um time de especialistas em segurança formado por mais de 3 mil engenheiros. "Esta é uma combinação extremamente atraente", disse Schulman. "Agora vamos ter a escala, a carteira de produtos e serviços, e os recursos necessários para proteger nossos clientes em um cenário de ameaças em constante evolução."

A empresa combinada terá receita de cerca de US$ 4,4 bilhões, quase dois terços desse total proveniente da venda de sistemas para segurança corporativa. A Symantec, em última análise, espera uma economia de custos de US$ 150 milhões com o negócio.

Na verdade, a Symantec tem lutado obter novas receitas. As vendas de produtos de segurança corporativa da empresa caíram 2%, totalizando US$ 2,1 bilhões, durante o seu ano fiscal de 2015, enquanto a receita com software de segurança para computação pessoal caiu 9%. As ações da Symantec caíram 27% no ano passado.

O negócio é a maior aquisição da Symantec desde a compra em 2005 da empresa de armazenamento de dados Veritas, vendida em 2015 para o fundo de private equity Carlyle Group, por US$ 7,4 bilhões, empresa pela qual havia pagado US$ 13,5 bilhões. A Bain Capital, por sua vez, adquiriu a Blue Coat em 2015, por US$ 2,4 bilhões já com o objetivo de realizar o IPO. De lá pra cá, ela vem reforçando seu portfólio com aquisições relacionadas a empresas de soluções em nuvem.

Algumas demissões são esperadas após a aquisição. "Eu acho que, inevitavelmente, em qualquer combinação de empresas existem algumas sobreposições de funções", disse Schulman.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial