TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Como as soluções de tecnologia ajudam a proteger os dados?

Postado em: 13/06/2019, às 00:24 por Redação

No painel "Como garantir proteção de dados nas empresas", no Data Protection Forum, nesta terça-feira,11, em São Paulo, especialistas da indústria de proteção de dados analisaram como as ferramentas que já estão disponíveis no mercado brasileiro, especialmente  as soluções de compliance em segurança, podem ajudar as empresas de forma mais colaborativa e assertiva.

Conforme  Bruno Silva  executivo da Trend Micro, hoje as empresas estão mais voltas  asessement jurídico, ou seja, as empresas estão entendendo como serão as sanções e os benefícios da nova Lei. "Mas, em paralelo as empresas estão percebendo não há controle manual possivel para poder ter os controles necessários, assim, mais que as soluções de segurança, as empresas buscam por ferramentas de automação de processos", comentou Silva.

Dirceu Lippi Neto, cybersecurity product manager da ISH, aponta para uma das questões vitais no processo e escolha das ferramentas do ponto de vista dos empresários: o investimento.

"A facilidade está ao alcance das empresas mas é importante que estas soluções atendam ao que cada um precisa, seus processos e fluxos adotados"disse, "É preciso deixar claro que nem  todas precisam do mesmo tipo de investimento.  As soluções devem ser balizadas pelos processos internos e pela área  juridica, de acordo com o compliance. Não existem balas de prata. Cada um tem uma realidade corporativa diferente e a indústria pode oferecer um modelo para cada diferente realidade".

Para isso acontecer efetivamente como disse Guilherme Bueno, diretor de TI Pontus Vision, é fazer-se a diferenciação necessária entre as exigências  da GDPR e da LPGD. "São poucas as diferenças, mas são importantes. Os departamento de TI procuram por uma bala de prata para resolver a questão, mas as consultorias precisam de informações para tomar decisões mais corretas ", reforçou Bueno. " Uma vez feito o assessment  em cima de fluxo  dos dados existente no sistema, nas várias e diferentes tabelas existentes, é preciso identificar quais as soluções que oferecem mais conectores as estas diferentes tabelas. Com certeza, os esforços dos fabricantes estão voltados para oferecer soluções adaptadas à realidade brasileira começando pela própria língua portuguesa", explicou.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial