TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Xerox rejeita proposta de fusão do negócio de gestão de documentos com grupo gráfico

Postado em: 15/07/2016, às 16:45 por Redação

A Xerox rejeitou a proposta de fundir sua divisão de gestão de documentos com a R.R. Donnelley & Sons, segundo maior grupo gráfico do mundo. Em janeiro, a fabricante anunciou planos de se dividir em duas empresas, separando a divisão de outsourcing de impressão de documentos do negócio impressoras e copiadoras. Como é frequentemente em casos como esse, a empresa tem atraído interesse de potenciais compradores.

A R.R. Donnelley, que também está no processo de cisão (spinoff), manifestou interesse em unir suas operações com a divisão de copiadoras da Xerox, segundo as pessoas familiarizadas com o assunto disseram ao The Wall Street Journal. A transação seria feita por meio de uma operação demominada "Reserve Morris Trust", por meio da qual a Xerox faria o spinoff da divisão que seria adquirida posteriormente pela R.R Donnelley. Após a operação, a nova companhia combinada distribuiria ações para os acionistas da Xerox, pagando um prêmio pelos papéis. Os executivos da R.R. Donnelley assumiriam a gestão da nova empresa.

O conselho de administração da Xerox avaliou a proposta com seus assessores, antes de dizer a R.R. Donnelley na quinta-feira, 15, que não estava interessada. Segundo as fontes ouvidas pelo jornal americano, a Xerox avalia que seu plano é menos arriscado.

A Xerox pretende levar adiante seu plano de separação dos negócios até o fim deste ano, tanto que em junho ela nomeou novos executivos-chefe para ambas as operações. Um deles é Jeff Jacobson que foi escolhido para comandar o negócio de impressoras e copiadoras, que manterá o nome Xerox, e o outro é Ashok Vemuri, contratado para ser o CEO da empresa de serviços de outsourcing, denominada Conduent Inc. A atual presidente-executiva, Ursula Burns será a diretora geral do grupo.

No mês passado, a empresa concordou em dar ao investidor ativista Carl Icahn três assentos no conselho da empresa de hardware. Ou seja, além dos três assentos, a Xerox também prometeu a Icahn um assento no conselho da empresa de serviços, depois da sepração. O megainvestidor detém uma participação de 9,8% na companhia, o maior acionista individual da empresa.

As ações da Xerox encerram a quinta-feira, 14, valendo US$ 9,65, um aumento de 4,6% desde que anunciou plano cisão das operações. Nesta sexta-feira, 15, não houve negociação dos papéis da companhia na Bolsa de Nova York.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial