TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pesquisa traça tendência de adoção da automação inteligente

Postado em: 19/11/2019, às 19:50 por Redação

O mercado de tecnologia ultrapassou o ponto de virada, com mais da metade das organizações já tendo adotado a automação inteligente, e as tecnologias de RPA e IA deixando de ser emergentes para se tornarem soluções comerciais para as empresas, segundo um novo relatório de análise da Futurum Research encomendado pela Automation Anywhere, líder global em automação robótica de processos (RPA).
 
O "Report for the State of RPA and Smart Automation" (relatório sobre o estado da RPA e da automação inteligente) entrevistou mais de 1.000 executivos de empresas na América do Norte e descobriu que, embora 75,3% deles acreditem que a automação os tornará mais competitivos, existem disparidades significativas entre os setores – com o setor público e, surpreendentemente, as companhias de tecnologia em substancial defasagem quando se trata de adoção.
 
Nem todos os setores estão prontos para a Quarta Revolução Industrial
Apesar de mais da metade das empresas na América do Norte já terem implementado algum tipo de solução de automação, como RPA e IA, a pesquisa mostra diferenças notáveis entre os setores. Por exemplo, quase nove entre dez organizações industriais já adotaram alguma forma de automação inteligente, contra menos de três a cada dez organizações do setor público. A pesquisa revela que:
 
• Mídia e editorial – Com 87,5%, esse setor tem a taxa mais alta de adoção da automação inteligente. A completa digitalização das mídias fez empresas e editoras de conteúdo substituírem processos manuais de administração de conteúdos e mídias por soluções automatizadas flexíveis e adaptáveis que são baseadas na aprendizagem de máquina.

• Manufatura – Quase nove entre dez, ou 87,3%, das organizações do setor industrial já adotaram alguma forma de automação inteligente. No entanto, essa proporção é ainda mais alta entre as organizações maiores. Impressionantes 100% das companhias manufatureiras norte-americanas com entre 5 mil e 50 mil funcionários implementaram automação inteligente.

• Bancos e instituições financeiras – Esse setor também mostrou altos índices de adoção da automação inteligente, com 84,7% das instituições financeiras já reportando implantações de RPA e IA. As principais áreas que têm impulsionado os investimentos em automação inteligente nesse setor incluem serviços bancários on-line e mobile, análise preditiva, serviços de investimento, suporte ao cliente e serviços de transação.

• Tecnologia – Talvez um tanto ironicamente, o setor de tecnologia aparece em quarto lugar na adoção de automação inteligente, com uma taxa de 80,9%.

• Varejo – Cerca de 60% dos varejistas adotaram algum tipo de automação inteligente. Comparativamente, a menor taxa de adoção pode ser atribuída a lojistas de pequeno e médio porte, que não têm orçamento ou profissionais de TI para conduzir os esforços de automação.

• Setor público – Menos de três em cada dez organizações do setor público (excluídas as prestadoras de serviços de utilidade pública) incorporaram algum tipo de RPA ou IA em suas operações.
 
Superando barreiras

Apesar dos conhecidos benefícios da automação, o relatório identificou quatro barreiras a sua adoção, ainda que a pesquisa não tenha mostrado haver uma razão única para tais barreiras. São elas:
 
• Falta de interesse – O motivo mais comum relatado, com 39,3% das empresas concordando, foi que simplesmente não estavam interessadas em RPA ou IA – normalmente um resultado de culturas provincianas e avessas a mudanças, que inicialmente não conseguem identificar novas oportunidades tecnológicas e, mais tarde, resistem em estimular sua adoção e implementação.

• Projeto em andamento – Uma entre quatro organizações respondeu que ainda não adotou a RPA ou a automação baseada na IA, mas que está em processo de fazê-lo, o que indica que as taxas de adoção continuarão aumentando.

• Dificuldade de parcerias – A terceira razão mais comum para as organizações não terem conseguido implementar a automação inteligente até agora, com 22,4% das respostas, é a incapacidade de encontrar o(s) parceiro(s) certos em tecnologia. De acordo com o relatório, esse dado talvez evidencie uma ineficiência geral dos fornecedores de soluções de RPA e automação baseada em IA para explicar os benefícios de suas soluções e criar conexões com potenciais clientes durante os estágios iniciais de seu processo de prospecção e seleção.

• Orçamentos – Aproximadamente 21,5% dos entrevistados indicaram planejamento e orçamento inadequados como a principal razão para ainda não terem implementado soluções de RPA ou automação baseada em IA. Segundo o relatório, os líderes de TI não estão articulando internamente os benefícios da automação inteligente e não conseguem justificar orçamentos adequados para testar e implementar a tecnologia, o que os faz ficarem para trás em suas iniciativas de RPA.
 

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial