TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Estudo global estima 10 bilhões de conexões móveis em 2023

Postado em: 19/12/2018, às 22:12 por Redação

A 5G Americas, a associação setorial e voz da 5G para as Américas, anunciou hoje que a Ovum está prevendo dez bilhões de conexões móveis no mundo inteiro até 2023. De acordo com a previsão, a tecnologia 5G também deve atingir o marco de 1,3 bilhão de conexões globais até 2023.

O número de conexões LTE também mantém sua trajetória de crescimento na
América Latina e Caribe, e com previsão de atingir 500 milhões de assinaturas até 2022. A liderança da América do Norte em conexões LTE será substituída pelo crescimento inicial de conexões 5G em 2019, e as projeções mostram que a região deve contar com 186 milhões de conexões 5G até 2023, representando 32% do mercado.

No mundo inteiro, a LTE deve manter este ritmo de crescimento, alcançando mais de 6 bilhões de conexões em 2022, quando deve registrar participação de mercado de 61%.

A instalação de novas redes LTE e a modernização de redes já em operação continua e no meio de dezembro, a TeleGeography (GlobalComm) anunciou que 624 redes comerciais LTE estão em operação no mundo inteiro, e 282 destas operadoras já migraram para a LTE-Advanced.

Inicialmente, a América do Norte deve liderar a implementação da tecnologia 5G, como as quatro operadoras nacionais prevendo lançamentos comerciais em 2018 ou 2019. A Ovum está prevendo que a América do Norte deve contar com 336 mil conexões 5G até o final de 2019, representando 47% de todas as conexões globais 5G.

Na América do Norte, as redes 5G devem aproveitar da forte plataforma LTE que já existe na região. Na América do Norte, a LTE registrou 390 milhões de conexões com taxa de penetração de 107% no terceiro trimestre de 2018, com uma população de 365 milhões de pessoas. Essa taxa de penetração pode ser comparada com a penetração nas duas regiões mais próximas, 87% na Oceania e Leste e Sudeste Asiático e 71% na Europa Ocidental.

Além de registrarem uma taxa de penetração muito maior, os EUA e o Canadá possuem a maior participação de mercado da LTE entre todas as tecnologias móveis, com 78%, contra 65% na Oceania e Leste e Sudeste Asiático e 50% na Europa Ocidental. A participação de mercado reflete a porcentagem de conexões móveis sem fio que dependem da tecnologia LTE, comparada com todas as outras tecnologias móveis.

• 390 milhões de conexões LTE, um ganho líquido de 51 milhões de novos clientes LTE no mesmo período.

• A LTE deve atingir 473 milhões de conexões até o final de 2020 (incluindo M2M)

• Previsão de 32 milhões de conexões 5G em 2021 – 6% de todas as conexões 5G na América do Norte – crescendo para 186 milhões de conexões 5G em 2023, representando 32% daquele mercado.

A LTE mantém sua trajetória de crescimento rápido na América Latina, e a tecnologia será um componente chave para a implementação e adoção da 5G nessa região. A LTE atingiu mais de 250 milhões de conexões na região até o terceiro trimestre de 2018.

A tecnologia manteve sua trajetória de crescimento e sua participação de mercado aumentou de 26% para 37% nos doze meses até setembro de 2018.

• Total de 698 milhões de assinaturas banda larga móvel, incluindo 257 milhões de conexões LTE; 78 milhões de novas assinaturas LTE acumuladas desde o 3T 2017 e 17,5 milhões de novas conexões LTE apenas no terceiro trimestre.

• A LTE deve atingir 510 milhões de conexões até o final de 2022 (incluindo M2M) e uma participação de mercado de 67% com um total de 767 milhões de conexões

As previsões para a LTE ainda mostram forte crescimento, e a tecnologia deve atingir os marcos de praticamente 4 bilhões de conexões até o final de 2018; mais de 5 bilhões até 2020; e aproximadamente 6 bilhões até 2022, quando o crescimento da LTE deve desacelerar com o crescimento da tecnologia 5G. Em 2023, a LTE deve apresentar retração para 5,7 bilhões de conexões, em conjunto com praticamente 1 bilhão de conexões GSM e 2 bilhões de conexões HSPA.

A 5G deve iniciar sua trajetória de crescimento em 2019, com menos de 1 milhão de conexões globais; a tecnologia deve contar com 37 milhões de conexões em 2020 e depois quadruplicar esse número para 156 milhões de conexões em 2021; em 2022, a 5G deve passar o marco de 500 milhões de conexões e chegar a 1,3 bilhões de conexões em 2023.

• 972 milhões de novas assinaturas LTE nos 12 meses desde o 3T 2017; Crescimento de 35%

• 3,7 bilhões de conexões LTE de um total de 8,45 bilhões de conexões celulares no mundo; a participação do mercado global da LTE é 44%

• Conexões LTE devem atingir o marco de 6 bilhões até o final de 2022 (inclui M2M)

• Participação de mercado global de 61% prevista para a LTE até final de 2022

• A 5G deve atingir 1,3 bilhões de conexões até o final de 2023

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial