TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

A próxima onda é 25GbE nos data centers

Postado em: 21/09/2015, às 12:37 por Renato Barboza

O tráfego baseado em vídeo tem aumentado exponencialmente nos últimos anos. As pessoas estão consumindo grandes quantidades de vídeo, jogos e aplicativos multimídia em telefones celulares e tablets por meio de redes IP e essa tendência não deve diminuir tão cedo. Um recente relatório do grupo de trabalho Ethernet IEEE 802.3 sugere que a taxa de crescimento anual composto (CAGR) da rede IP será superior a 30%, conforme gráfico abaixo:

Traffic relative to 2010 value

Os servidores de 10GbE responsáveis pelo tráfego de vídeo estão funcionando em plena capacidade. Como a demanda não diminui, existem basicamente duas opções para manter o ritmo: aumentar a velocidade de conexão entre o servidor e a rede (a tecnologia I/O – input/output da CPU permite velocidade de 40 Gbps) ou ampliar o número de servidores. Porém, os dois caminhos têm implicações econômicas para os clientes: enquanto o 40GbE é um ajuste perfeito para redes de acesso de 10 Gigabit Ethernet, a migração para velocidades 40GbE para acesso ao servidor traz várias consequências, incluindo:

  • Alterar a infraestrutura de cabeamento: É preciso quatro vezes mais cabeamento para atualizar a rede de acesso 10GbE, já que o padrão 40GbE é simplesmente uma multiplexagem de sinais 10GbE.
  • Os clientes não necessariamente precisam de um aumento de quatro vezes na conectividade ao servidor. Eles estão à procura de uma solução gradual e de alto desempenho que está mais perto do custo da tecnologia 10GbE. Além disso, o acesso ao servidor 40GbE requer uma alta banda na infraestrutura de fabric dentro do data center.

Há uma solução que permite ao cliente acompanhar o ritmo do crescimento da demanda por largura de banda no acesso do servidor, com excelente custo-benefício e melhora significativa do desempenho da rede. Trata-se da tecnologia 25GbE. O consórcio 25/50GbE, do qual a Juniper é membro, foi fundado há dois anos para conduzir o esforço de um desenvolvimento padrão (para a lista completa dos membros visite o site http://25gethernet.org/current-members).

Abaixo, algumas das principais vantagens da tecnologia 25GbE:

  • Cabeamento: Utiliza apenas um par de cabos e é totalmente compatível com 10GbE. Assim, a migração para 25GbE não requer qualquer atualização de infraestrutura de cabeamento.
  • Custo: O 25GbE é eficiente e economicamente semelhante ao 10GbE, com o benefício de ter 2,5 vezes mais velocidade e desempenho.
  • Quatro vezes 25GbE é igual a 100GbE, resultando em redes que podem fornecer oversubscription uniforme e menos uplinks 100GbE para construir um fabric wire-speed para acesso ao servidor. Da mesma forma, o desempenho de 50GbE pode ser atingido com a simples combinação de um par de interfaces de 25GbE.
  • Construir redes com interfaces 25GbE exige menos Serdes (Serializer/Deserializer), ou seja, um para 25GbE quatro para 40GbE, oferecendo um melhor consumo geral de energia.

Recentemente, a Broadcom anunciou a disponibilidade de controladores 25GbE para servidores. A implantação desses controladores trouxe a necessidade de switches de acesso de rede para suportar velocidades de 25GbE. Este será o próximo passo da indústria de networking que, em breve, lançará os switches de 25GbE.

A tecnologia 25GbE oferece uma clara vantagem para ambientes onde 10GbE é insuficiente e a migração para 40GbE não é uma opção viável devido ao seu alto custo. Para esses clientes o 25GbE irá conduzir o desempenho da rede de uma forma eficiente, principalmente pelo seu custo.

*Renato Barboza é engenheiro de sistemas sênior da Juniper Networks Brasil.

 

 

 

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial