TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pressão por mudanças no foco da TI se intensificará, diz Gartner

Postado em: 27/01/2006, às 21:09 por Redação

Estudo realizado pelo Gartner com 1,4 mil CIOs de todo o mundo alerta que esses executivos continuarão a sofrer forte pressão neste ano enquanto buscarem focar as organizações de TI externamente. Segundo o relatório, resultado de uma pesquisa para o Executive Programs da empresa, TI precisa passar a desempenhar um papel mais significativo no crescimento dos negócios.

O estudo também detectou que a expectativa é de que os orçamentos para a área, no geral, devem aumentar 2,7%, em média, neste ano. Isso, segundo o Gartner, se comparado com o crescimento de 2,5% em 2005, representa um aumento modesto e que se vem verificando pelo terceiro ano consecutivo. O levantamento verificou, porém, que os orçamentos nas companhias que planejam crescer mais do que o mercado estão aumentando, em média, 4,8%.

O Gartner realizou a pesquisa em mais de 30 países, os quais representam mais do que os US$ 90 bilhões gastos anualmente com TI nos Estados Unidos. "Os resultados do estudo deixam muito claro que as expectativas do negócio com TI têm mudado dramaticamente e os executivos esperam que os CIOs enxerguem outros aspectos que vão além de questões como custo, segurança e a qualidade, de modo a contribuir efetivamente para o crescimento do negócio", disse Marcus Blosch, vice-presidente e diretor de pesquisa para o Gartner Executive Programs, ao dizer que pôde verificar no ano passado o começo de uma transformação que se intensificará em 2006.

Segundo ele, o estudo detectou, por outro lado, que a melhoria dos processos de negócio ? de modo a possibilitar que as companhias encontrem maneiras mais fáceis de fazer o negócio ? é prioridade para CIOs, uma preocupação verificada pelo segundo ano consecutivo. Em conseqüência disso, o Gartner prevê que em 2006 os CIOs deverão começar a direcionar mais o foco para as operações externas, com o propósito de contribuir para o crescimento do negócio, melhoria do relacionamento com o cliente e da competitividade, além do aumento da eficiência total.

?Apesar da necessidade dos CIOs focalizarem cada vez mais no negócio, a responsabilidade pelo funcionamento eficaz das operações de TI permanece?, diz Blosch, ao comentar que a preocupação com as brechas de segurança caiu do segundo para o sétimo lugar no ranking de prioridades dos CIOs. "Isso não significa que a segurança não tenha um longo caminho pela frente.? No geral, segundo ele, o estudo constatou que os gastos relacionados com ferramentas de segurança deverão ter um aumento médio projetado de 4,5% em 2006.

OS DESAFIOS PARA OS CIOS EM 2006

? Fortalecimento da ?cadeia de valor da informação? ? Dois terços dos CIOs acreditam que seus concorrentes fazem uso melhor da informação, criando oportunidades para o negócio e TI. Para alcançar isso, CIOs e as áreas de negócios devem procurar tornar a comunicação e a colaboração mais dinâmicas, baseadas mais no que o negócio necessita do que de acordo com ciclos anuais de planejamento.

? Construindo habilidades de negócio ? As habilidades dos profissionais de TI se tornarão fator de diferenciação à medida que as tecnologias continuam se ?commoditizando?. A lacuna de habilidades hoje é considerável, já que sete entre dez respondentes da pesquisa reconhecem a necessidade construir habilidades novas de negócio em TI para trazer resultados ao negócio. Desenvolver habilidades de negócio na organização será uma grande prioridade em 2006, com uma demanda aumentada para disciplinas de gerenciamento, tais como relacionamento e sourcing, desenho de processos e da informação.

? Ficar mais próximo dos clientes ? Dois em cada três CIOs ainda vêem o negócio como uma barreira para TI. CIOs e organizações eficazes trabalham juntos para colher resultados. As companhias que olham para o crescimento do market share estão investindo em TI para usar melhor a informação, para obter um diferencial no mercado e para atrair e reter clientes. O objetivo de aumentar a contribuição da TI em 2006 deve mudar a relação entre o CIO e as áreas de negócios. Em vez de alguém dizer "o que pode fazer para mim", dirá "como nós podemos resolver o problema juntos".

"CIOs que gerenciam TI de modo eficaz apreciam um relacionamento mais profundo com as áreas de negócio, relatam os projetos aos CEO e jogam um papel maior na formulação das estratégias e nas decisões importantes", diz Mark McDonald, vice-presidente e coordenador do Gartner Executive Programs, ao observar, porém, que essa não é uma transformação que ocorre da noite para o dia.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial