TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mercado Livre atinge alta de 61,8% em receita líquida no 4º trimestre de 2018

Postado em: 27/02/2019, às 21:18 por Redação

O Mercado Livre divulgou seus resultados financeiros do quarto trimestre de 2018, finalizado em 31 de dezembro. A receita líquida no quarto trimestre cresceu para US$ 428,0 milhões, um aumento ano a ano de 19,5% em dólar e 61,8% em uma base de moeda constante.

As receitas do marketplace aumentaram 13,5% ano a ano em US$ e 51,9%, em moeda constante, enquanto as receitas não relacionadas ao marketplace tiveram um crescimento de 27% em relação ao ano anterior em dólar e 74,2% em moeda constante.

O lucro bruto da companhia foi de US$ 204,8 milhões com uma margem de 47,8%, comparado aos 56,8% obtidos no quarto trimestre de 2017. A maior parte da compressão da margem bruta é atribuída a um aumento nos subsídios de frete grátis.

As despesas operacionais totais foram de US$ 205,6 milhões, 23,3% abaixo do registrado no ano anterior. Como percentual das receitas, as despesas operacionais representaram 48%, contra 74,8% no quarto trimestre de 2017.

O prejuízo líquido, antes dos impostos, foi de US$ 6,8 milhões, um aumento de 89,5% em relação ao ano anterior.

Outros resultados

O volume total de pagamentos com Mercado Pago ultrapassou a marca de US$ 5 bilhões pela primeira vez, alcançando US$ 5,3 bilhões, um aumento de 22,1% em dólar e de 68,5% em moeda constante – sem considerar o impacto cambial – em relação ao quarto trimestre de 2017. O total de transações de pagamentos aumentou 71,7%, totalizando 125,6 milhões de transações no trimestre.

O Mercado Pago manteve sucesso contínuo na execução de transações fora da plataforma do Mercado Livre (on-line e off-line) por meio dos serviços de pagamentos, terminais móveis (MPOS) e carteira digital. Em uma base consolidada, o volume total de pagamentos fora da plataforma cresceu 90,1% em relação ao ano anterior em dólar e 172,2% em uma base de moeda constante.

Pela primeira vez, os pagamentos fora da plataforma processaram mais de US$ 2 bilhões em transações, alcançando quase 70 milhões de transações de pagamento em um único trimestre.

O negócio de MPOS ainda é uma das unidades de negócios que mais cresce, representando 46,6% do volume total de pagamentos fora da plataforma no trimestre. Em uma base consolidada, o volume total de pagamentos cresceu 365,3% em relação a 2017 em moeda constante.

A carteira digital da fintech atingiu 2,4 milhões de pagantes ativos durante o quarto trimestre, enquanto o volume total de pagamentos de carteira cresceu três dígitos no Brasil, Argentina e México.

No final do trimestre, o Mercado Pago anunciou que passaria a rentabilizar o saldo da conta digital no Brasil, o segundo país em que a empresa passa a oferecer todo o seu conjunto de soluções fintech: dispositivos MPOS, pagamentos com Código QR, carteira digital e investimentos.

Marketplace e Envios

O volume de vendas (Gross Merchandise Volume – GMV) superou a marca de US$ 3 bilhões, atingindo US$ 3,2 bilhões, uma queda de 10,6% em relação ao ano anterior em dólar, e um aumento de 17,6% em moeda constante.
Considerando o recorte apenas o mercado brasileiro, o GMV cresceu 24,4% no trimestre, o que aponta consistência na evolução das vendas mesmo com a base de comparação de crescimento acelerado do último trimestre de 2017, quando o GMV aumentou 71,3%.

Foram vendidos no marketplace do Mercado Livre 85,6 milhões de itens, alta de 5,4% em relação ao mesmo trimestre de 2017, contra 57,5% obtidos no mesmo período do ano passado. A redução em relação ao ano anterior é atribuível ao lançamento no Brasil, no último trimestre, de uma taxa fixa de R$ 5 para itens abaixo de R$ 120 e exclusão de anúncios abaixo de R$ 6.

A quantidade de compradores únicos cresceu 7,5% no quarto trimestre, contra 9,4% no terceiro trimestre. Essa taxa de crescimento em queda é atribuível principalmente a ajustes de preços, incluindo a eliminação de itens de baixo valor na plataforma e a obrigatoriedade de pagamentos no Chile e na Colômbia, o que também afetou temporariamente o crescimento de compradores únicos.

Os anúncios oferecidos no marketplace do Mercado Livre atingiram 182,1 milhões no quarto trimestre de 2018, um aumento de 59,7% em relação ao ano anterior, ultrapassando a marca de 150 milhões pela terceira vez.

O volume de vendas via dispositivos móveis cresceu 42,5% em moeda constante, atingindo 60,9% do GMV no último trimestre.

Os itens enviados através do Mercado Envios atingiram 62,1 milhões, um aumento de 28,5% em relação ao ano anterior, impulsionado principalmente pela evolução do programa de frete grátis. O número de itens expedidos na Argentina, México, Chile e Colômbia foi destaque no trimestre, crescendo 84,0%, 88,3%, 72,0% e 54,7%, respectivamente, na comparação ano a ano.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial