TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Proposta de reajuste de salários em TI é de 3%

Postado em: 29/01/2019, às 21:18 por Redação

Na 3ª rodada de negociação da CCT 2019, os patrões recuaram da proposta de redução do horário de almoço para meia hora, de redução dos dias referentes às ausências legais e do tempo gasto pelo trabalhador em viagens a serviço, que, segundo a pauta anterior, não deveria ser computado como horas in itinere.

Entretanto, a comissão dos empresários ainda insiste em não avançar na negociação, oferecendo um índice de reajuste salarial, dos pisos e do vale-refeição que não repõe a inflação (3%), mantendo a retirada do adiantamento quinzenal, além de querer que o trabalhador pague as custas das homologações e não levar em consideração a pauta de reivindicações da categoria apresentada pelo Sindicato.

Em relação à diminuição da hora de almoço, o Sindpd recebeu em grande escala a indignação dos trabalhadores, que se manifestaram contra a pauta dos empresários pelo e-mail de atendimento e da Presidência do Sindicato. A proposta, segundo a categoria, era uma tentativa de sacrificar ainda mais os trabalhadores, que já dedicam suas vidas ao setor de TI, mas não recebem uma justa contrapartida por parte das empresas, como valorização profissional e mais qualidade de vida.

Na reunião desta terça-feira, 29, a comissão dos trabalhadores contrapropôs reajuste salarial de 5,9% e as homologações no Sindpd de todos os contratos de trabalho anteriores à sanção da reforma trabalhista (novembro de 2017), além da questão de os trabalhadores exigirem que as empresas façam as homologações no Sindicato.

Segundo o SindPD, os empresários sequer analisaram itens da proposta já apresentada anteriormente pela categoria, como o VR no valor de R$ 20, criação do auxílio-alimentação no valor de R$ 150, hora extra de 100% nas primeiras duas horas e 150% na demais, auxílio-creche – com 50% do salário normativo para pais que tiverem filho com até 72 meses de idade -, o aumento da multa para as empresas que não cumprem a CCT para 20%, licença-maternidade de 180 e pagamento de quinquênio aos trabalhadores com um adicional de 3% do salário mensal do empregado para cada 5 anos trabalhados.

sUm dos pontos tensos da negociação desta terça foi a insistência patronal em levar para a mesa de negociação pontos relacionados ao sistema de sustentação financeira do Sindicato, numa clara tentativa de interferir na autônima sindical e na própria sobrevivência financeira do Sindpd.

A próxima rodada de negociação acontece no próximo dia 5 de fevereiro, às 15h.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial