TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Abinee renova parceria com a Apex-Brasil para apoiar exportações de eletroeletrônicos

Postado em: 29/03/2018, às 20:52 por Redação

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) renovaram esta semana o Programa Electro-Electronic Brasil para o período 2018-2020. Com o objetivo de ampliar e fortalecer a participação das empresas brasileiras do setor de eletroeletrônicos por meio da promoção das exportações e da atração de investimentos, a iniciativa pretende alcançar a meta de US$ 2 bilhões em exportações no período.

Segundo o presidente da Abinee, Humberto Barbato, a renovação do convênio vem em um momento importante de retomada das exportações do setor eletroeletrônico. Em sua opinião, a recente crise do mercado interno impulsionou a atividade exportadora, que começa a ser incorporada definitivamente no planejamento estratégico das companhias.

Barbato destaca que o Brasil dispõe de uma situação geográfica privilegiada e de um parque industrial robusto, o que possibilita acessar mercados de países próximos. Para aproveitar esse potencial e tornar o País um polo exportador, além de iniciativas como a da Abinee e Apex-Brasil, o presidente da Abinee ressalta a necessidade de redução de custos para exportação.

O supervisor de Projetos Setoriais da Apex-Brasil, Mauricio Manfre, salienta que o convênio é o resultado de um plano de trabalho elaborado e planejado com a contribuição das empresas. Segundo ele, para essa nova fase foram elencados cinco mercados prioritários: Estados Unidos, México, Colômbia, Peru e África do Sul.

O programa contempla: capacitação em exportação e internacionalização, estudos de mercado com inteligência comercial; feiras internacionais; missões comerciais; projetos compradores e fortalecimento das parcerias estratégicas em âmbito nacional e internacional.

Uma novidade para o período 2018-2020 é a atração de investimentos por meio de ações para transferência de tecnologias, principalmente nas áreas de energias renováveis, como eólica e solar.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial