TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CEO da Microsoft prevê que próxima grande inovação terá impacto como telas touchscreen e a web

Postado em: 30/03/2016, às 20:06 por Redação

A próxima grande inovação tecnológica terá "um impacto tão profundo" na vida das pessoas e nos negócios como tiveram as telas sensíveis ao toque (touchscreen) e a web. A declaração foi feita nesta quarta-feira, 30, pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante apresentação na Build, conferência anual para anunciar as últimas novidades da fabricante de software, realizada em San Francisco, na Califórnia.

O executivo prevê que isso irá colocar em evidência os chamados chatbots, robôs que utilizam software de redes neurais para elaborar perguntas e respostas, bem mais complexas que seus antecessores. Ele coloca os chatbots na mesma categoria das mudanças de paradigmas provocadas pela interface gráfica do usuário (GUI), os navegadores de internet e as telas touchscreen do iPhone.

Nadella ressaltou que empresas, incluindo Facebook, Slack e a Microsoft, estão investindo pesadamente nesses chatbots, que ele chama de "conversas como uma plataforma", para o desenvolvimento de sistemas que tornarão a reserva de um voo ou a compra de uma camisa tão fáceis como enviar uma mensagem de texto. "É um conceito simples, mas muito poderoso em seu impacto. Trata-se de tomar o poder da linguagem humana e aplicá-lo de forma generalizada na computação", disse Nadella.

A Microsoft desenvolveu um chatbot na China, o Xioaice, software de inteligência artificial que tem sido empregado como um chatbot em serviços de mensagens chineses como o Weibo, Line e WeChat, e também usado por uma rede de TV chinesa, a Dragon TV, para interação dos telespectadores com seus programas.

Mais recentemente, a Microsoft desenvolveu o chatbot Tay, um sistema inteligente que rapidamente se transformou em polêmica depois de ter criado tuítes negando o holocausto. A empresa se desculpou pelo tuíte ofensivo, disse que não foi intencional e rapidamente desativou o sistema para fazer "ajustes".

Nadella acredita que iremos ouvir muito sobre chatbots e sistemas que permitirão conversas como uma plataforma.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial