TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Raisecom aposta no mercado de ISPs para crescimento acelerado

Postado em: 31/10/2019, às 16:51 por Redação

A Raisecom, fabricante global de redes ópticas com inteligência de tráfego e gerenciamento de serviços, com sede em Beijing, anunciou na Futurecom, que conseguiu praticamente triplicar as suas vendas no Brasil ao longo de 2019, e que aposta no crescimento acelerado do mercado de ISPs (Internet Service Providers) para 2020.

De acordo com Marcio Cachapuz, diretor da Raisecom Brasil, o ritmo de crescimento é explicado por basicamente dois fatores. O primeiro é o avanço consistente que as redes de fibra óptica vêm experimentando junto a pequenos e médios provedores regionais de serviços, que hoje respondem por mais de 60% das vendas de tecnologia nesse nicho.

O segundo fator, assinala o diretor, está na bem-sucedida parceria da Raisecom com a distribuidora de valor agregado OIW, uma empresa com forte presença entre milhares de provedores e com capacidade de suporte em todas as regiões, além de contar com dois centros de distribuição em Montes Claros( MG)  e Ilhéus (BA), e uma rede de 500 revendas espalhada pelo país.

O executivo enfatiza que os ISPs podem contar com financiamento para aquisição dos equipamentos em 6 pagamentos sem juros; ou através de locação em 12 meses com juros baixos. Além disso, as duas empresas começaram, a partir deste ano, a oferecer aos provedores o acesso sem custos adicionais a uma plataforma de gerenciamento que iguala a capacidade gerencial dos ISPs à das telcos.

"Normalmente vendido à parte, este tipo de console de gerenciamento é pouco acessível aos provedores e bastante cobiçado, porque só com ele se torna viável a criação e gestão de planos de serviços mais sofisticados, com tarifa diferenciada por banda, por qualidade ou por disponibilidade", diz Cachapuz.

"Os ISPs precisam se mostrar tecnicamente preparados para disputar com as grandes operadoras naqueles pontos geográficos que são considerados como 'franjas de mercado'. Mesmo atendendo a mercados com menor densidade de clientes, eles precisam entregar serviços de nível muito alto, como vídeo sob demanda, conexões de cidade digital e Internet das Coisas (IoT) para aplicações industriais ou agrícolas", assinala.

Hoje, 80% da receita da Raisecom é originária do mercado de de ISPs, mas também fornece equipamentos para os mercados de grandes operadoras telecom e utilities de diferentes segmentos.

Mercado

Com base em dados próprios e da Anatel, a Raisecom estima haver cerca de 6 mil provedores no Brasil, dos quais cerca de 1,2 mil têm capacidade para absorver tecnologias de fibra. Muitos deles estão iniciando atividades recentemente, como a  Polvo Internet Múltipla (de Pelotas, RS), um ISP recentemente estruturado com tecnologia de redes ópticas gerenciáveis.

Inaugurado há apenas cinco meses, a partir de um investimento tido como "moderado" por seus empreendedores, a Polvo já ganha o impulso de mais de mil clientes residenciais e corporativos interessados em produtos de maior valor, como telefonia digital (IP), serviços gerenciados de banda larga em planos de assinatura de até 100 Mb e serviços de data center premium com garantia de disponibilidade, escala e segurança. 

Outro exemplo de empreendimento novo na área é o do Provedor ViaClip. Inaugurada há em meados de outubro no Bairro da Freguesia do Ó (capital paulista), a ViaClip tem uma missão ousada de disseminar TV por assinatura e programação on-demand com qualidade full-motion para uma população que está nas franjas do foco das grandes operadoras. Equipado com estruturas de OLT, ONUs e roteadores ópticos da Raisecom, a ViaClip quer conquistar assinantes com uma proposta agressiva.

De acordo com os sócios Arnaldo Amorim e Roberlei Marchette, ao contrário das típicas operadoras, que valorizam planos de fidelidade, nós vamos oferecer contratos baseados na satisfação de clientes e deixá-los livres em sua escolha de permanecer conosco.

Já a Newmaster Telecom, um provedor que usa redes Gpon da Raisecom, atinge 27 cidades com fibra até a porta do cliente e, só nos planos corporativos, tem 2 mil empresas com serviço de banda larga. Entre os serviços residenciais estão conexões de velocidade garantida para conteúdos da Netflix, e Google Play.

De acordo com Márcio Cachapuz, iniciativas novas, como a da Polvo e da ViaClip, já têm participação expressiva nas vendas da fabricante, que hoje contabiliza cerca de 15 novos provedores estruturados do zero com a sua tecnologia. "Em menos de um ano focando no mercado de ISPs, a Raisecom já está hoje em cerca de 100 provedores e devemos chegar a 1000 ao longo de 2020", enfatiza.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial