TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Queda das ações do Yahoo indica desconfiança dos investidores sobre separação da fatia no Alibaba

Postado em: 09/09/2015, às 19:55 por Redação

A queda meteórica das ações do Yahoo, de cerca de 30% desde maio, mostra que os investidores estão em dúvida quanto a capacidade da empresa de cindir a participação de 15% que detém no portal chinês Alibaba sem ter que pagar impostos, segundo analistas. Em janeiro, a empresa havia anunciado um plano para separar o negócio, avaliado em cerca de US$ 24 bilhões.

"Há uma chance de menos de 50% de que o Yahoo seja capaz de alienar a sua participação no Alibaba em uma base livre de impostos", disse Gene Munster, analista da Piper Jaffray & Co., em nota a investidores nesta quarta-feira, 9. "Como já escrevi anteriormente, acreditamos que as ações do Yahoo já pareciam estar indicando este resultado."

O declínio das ações do Yahoo começou em meados de maio, quando o Internal Revenue Service (IRS) — a Receita Federal dos EUA — fez o alerta sobre o spinoff do Yahoo. Tanto que as ações da empresa subiram 2%, para US$ 31,52, nesta quarta-feira, 9, exatamente um dia depois de ela dizer que o IRS não iria lhe dar o sinal verde para a transação.

Incapacidade de obter a aprovação da Receita Federal reforçou a especulação de que a CEO do Yahoo, Marissa Mayer, não será capaz de prosseguir a sua estratégia de vender a participação de US$ 24 bilhões sem recolher impostos — economizando potencialmente cerca de US$ 9 bilhões em impostos nos EUA.

O spinoff do Alibaba é um passo crítico para Marissa Mayer, que vem sendo duramente pressionada nos últimos tempos pelo investidor ativista Jeff Smith, que dirige a Starboard Value LP, empresa especializada em campanhas de acionistas ativistas, para retornar valor aos acionistas, encontrar maneiras de cortar impostos e evitar grandes aquisições.

Na terça-feira, 8, o Yahoo disse que ouviu o conselho de seus assessores jurídicos, que disseram que o IRS não tinha mudado de opinião sobre incapacidade da empresa de satisfazer os requisitos para a isenção fiscal do spinoff.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial