TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pesquisa: 44% dos usuários sofreram um incidente de segurança por e-mail

Postado em: 15/10/2019, às 18:13 por Redação

A ESET  apresenta os resultados de uma pesquisa realizada na América Latina que revela como o serviço de e-mail é usado do ponto de vista da segurança da informação. A partir da análise do comportamento dos entrevistados, a ESET concluiu que 53% dos usuários usam uma conta de e-mail exclusivamente para assinar sites e serviços, o que é útil para evitar o recebimento de spam. Por outro lado, mais de 60% disseram que usam o endereço de e-mail principal para acessar outros serviços online que utilizam.

Além disso, a pesquisa também mostrou que 1 em cada 5 usuários, usam a mesma senha da conta de e-mail para serviços como Twitter, Facebook, LinkedIn, Instagram ou Netflix, entre outros. Sobre a reutilização de senhas, a ESET alerta que serviços populares são vítimas de incidentes que resultam em vazamentos de contas e senhas de usuários, e ao cair na mão de cibercriminosos, as credenciais são utilizadas para realizar ataques de credential stuffing ou para comercializá-los na dark web.

Outro fato fornecido pela pesquisa é que 44% dos usuários afirmaram ter sofrido um incidente de segurança por e-mail. Desse percentual, 40% sofreram ataques quando clicaram em um link que foi redirecionado para um site infectado, enquanto 23% foram infectados ao abrir um anexo mal-intencionado e 27% ao serem enganados por um e-mail que se fez passar por a uma empresa ou serviço legítimo.

Esses dados mostram que o phishing, ataque pelo qual o cibercriminoso se passa por uma empresa ou pessoa confiável para obter informações pessoais, apesar de antigo, ainda é extremamente eficiente . Segundo os usuários pesquisados, 58% dos e-mails falsos que recebem são de criminosos se passando por sites de compras on-line, enquanto em 40% dos casos eles fingem ser remetentes de e-mails de bancos e ou de empresas de viagens (30%).

"Sabemos que o e-mail é um vetor para a disseminação de ameaças cibernéticas. É por isso que é importante saber os riscos de segurança que existem em torno de uma ferramenta essencial para a sociedade moderna, e aprender a usá-la com mais segurança para evitar dores de cabeça", conclui Camilo Gutierrez, chefe do laboratório de pesquisa da ESET América Latina.

A seguir, um infográfico com as informações mais relevantes da pesquisa:

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial