TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

NATOSAFE lança solução biométrica de identificação de recém-nascidos

Postado em: 20/08/2019, às 23:32 por Redação

A NATOSAFE, anunciou nesta terça-feira, 20, durante o Biometrics HITech Summit 2019, em São Paulo, a solução biométrica de identificação para crianças, de zero à cinco anos de idade. "Acreditamos que essa solução inovadora contribui para um mundo mais seguro para as crianças, pois possibilita estabelecer um documento de identificação entre o bebê e a sua mãe, por meio de impressão digital totalmente única", esclarece Ismael  Akiyama Cruz, fundador da empresa, com sede em Curitiba.

Segundo o executivo, diferentemente dos processos atuais que coletam apenas as impressões plantares e palmares em tinta ou scanners do neonatal, a solução da NATOSAFE é composta por dispositivos e ferramentas capazes de coletar impressões digitais desde as primeiras horas de vida, gerando uma identificação biométrica única. "Essa solução foi desenvolvida de modo que irá acompanhar o indivíduo ao longo de toda a sua vida, desde o nascimento", afirma Cruz.

"Ressalta-se que a solução também atende os requisitos de compatibilidade, rastreabilidade, unicidade e segurança da informação, capturando os dados automaticamente através de algoritmos inteligentes", reforça o fundador da NATOSAFE, esclarecendo que a solução destina-se  a maternidades, hospitais, postos de vacinação, clínicas médicas, centros e institutos de identificação, cartórios de registro civil e até no controle de fronteiras, entre outros. "Até 2023, pretendemos ser uma plataforma referência global em soluções para identificação biométrica de crianças", assegura Cruz.

A empresa já desenvolve um projeto piloto em dois hospitais de Pernambuco, onde 3 mil crianças já foram cadastradas.  Em breve, 4 hospitais no Paraná (Londrina, Maringá e dois em Curitiba).

De acordo com Cruz, a solução já teve interesse da Onu e da Fundação Melinda e  Bill Gates, uma vez que existe uma preocupação das entidades em identificar corretamente crianças refugiadas. "Acontece de um médico atender uma criança refugiada, receitar medicamentos, por exemplo, e ao voltar um tempo depois não consegue identificar com certeza se foi aquela a criança atendida originariamente".

Números alarmantes

A tecnologia desenvolvida pela NATOSAFE nasce diante dos números alarmantes que envolvem o tráfico de crianças: são mais de 1.2 milhão, o que significa mais de 3 mil crianças por dia. Esse volume só fica atrás do tráfico de drogas e de armas. Ao todo, o número registrado de crianças desaparecidas no mundo supera 8 milhões, atingindo 32 mil no Brasil por ano (cerca de 4 crianças por hora).  Sem contar as crianças trocadas em maternidades, sendo que só no Brasil são cerca de 800 crianças por ano.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial