TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sem alicerce, não há inovação que perdure

Postado em: 23/04/2018, às 23:37 por Percival Jatob

A era da transformação digital é realmente encantadora e instiga a criação de inovação todos os dias, mas ela também pode ser traiçoeira se, na ânsia por inovar, não tivermos cuidado com os alicerces que movem essa disrupção. Por isso, sempre reforço que não existe inovação por inovação. Os alicerces podem variar de empresa para empresa conforme sua missão, visão e mercado, mas a motivação não.  É preciso que a motivação seja clara e esteja conectada a um fim específico: a resolução de um problema pode ser um bom começo.

Na Visa, qualquer desenvolvimento leva em consideração, pelo menos, três pontos essenciais: a segurança, a interoperabilidade e a experiência do usuário. Sem a validação destes três, nenhum lançamento acontece, pois nada nesse mundo digital pode ter sucesso em escala sem confiança e é por isso que esses alicerces se fazem tão importante.

Vamos usar a Internet das Coisas como exemplo. De cara, os números são animadores:

  • 20,8 bilhões de devices estarão conectados até 2020, segundo a Gartner, ou seja sua geladeira, seu carro, seu relógio virarão oportunidades de negócios;
  • 7 bilhões de celulares serão potenciais devices de pagamento tanto para pagar como para receber (GSMA).

De olho nesse potencial e pensando na importância de preparar o mercado para a revolução digital e para a IoT, temos trabalhado ativamente com os principais players do mundo e do Brasil para que os alicerces não sejam esquecidos. Não apenas para desenvolver esse potencial, como também para preparar os novos entrantes do mercado que surgirão com a proliferação dos devices móveis, dos wearables e das carteiras digitais.

O Visa Ready for Tokenization foi desenvolvido pensando nisso. É por meio dele que possibilitamos que nossos parceiros, novos ou tradicionais, possam implementar soluções de pagamento via IoT de forma segura, escalável e prática. O programa é uma forma de democratizar a tecnologia da melhor forma possível, por que sabemos da importância de criar padrões de segurança que levem a tecnologia a todos os fornecedores, os desenvolvedores e as empresas. E este é um excelente exemplo de alicerce, dedicado para que a inovação crie asas e para que o futuro seja construído colaborativamente.

Quero deixar claro é que os alicerces não estão aqui para frear a inovação. Eles não são limitadores. Pelo contrário. Serão eles, os principais agentes que irão acelerar essa disrupção de forma segura, democrática e sustentável. Na Visa, a gente acredita que você pode estar onde você quiser estar e, consequentemente, pagar em qualquer lugar do mundo. Com a mobilidade e o mundo virtual, essa premissa ganha uma dimensão muito maior. Estamos trabalhando com todos os interessados para fazer da transformação digital algo positivo, construindo alicerces sólidos e fazendo com que os pagamentos façam parte da sua vida de forma tão natural que se confundirão com outras atividades diárias, aquelas que acontecem sem a gente nem perceber.

Percival Jatobá, vice-presidente de Produtos, Soluções e Inovação da Visa no Brasil.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial