TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Antigas regras de varejo não se aplicam à Geração Z

Postado em: 30/09/2018, às 19:25 por Fernando Sete,

A Geração Z está ai substituindo os Milênios. Até 2020, os jovens que hoje têm entre 14 e 19 anos de idade serão o maior grupo de consumidores do mundo. Esses jovens são verdadeiros nativos digitais, nunca viram o mundo sem a internet e cresceram com um telefone nas mãos. Sua atenção pode ser curta, mas eles compram com um olhar aguçado e vão redefinir o varejo.

Para a Geração Z, fazer compras faz parte do social. Os adolescentes ajeitam seus novos casacos Tommy Hilfiger em um espelho inteligente e postam no Snapchat uma foto da nova bolsa Longchamp. Eles têm consciência da marca e também são socialmente conscientes. Eles têm o tempo e os recursos para procurar os melhores preços. Eles preferem fazer compras nas lojas físicas, mas a experiência deve ser divertida e fácil. A Geração Z gosta de conveniência também. Eles querem pagar em caixas sem atendentes usando seus celulares ou pedir comida em um aplicativo móvel.

As expectativas dessa geração estão mudando a natureza do varejo. As lojas estão se tornando showrooms. A Geração Z pode ser fã de uma marca muito antes de fazer sua primeira compra. A Apple ficou famosa por criar uma experiência na loja e agora a Samsung incrementou essa ideia. Os adolescentes podem ir até a loja da Samsung em uma noite de sexta-feira e curtir a The Wall, a nova TV modular MicroLED da Samsung com uma incrível imagem de 146 polegadas, ou usar os óculos de realidade virtual Samsung Gear VR com seus amigos. Seja a tecnologia ou um cachecol Burberry, esta geração quer consumir.

A experiência na loja está mudando. Na Bonobos, um "guia" (não um funcionário) mostra os itens para o consumidor na loja, espera o cliente escolher e depois ele sai de mãos vazias. O guia faz o pedido e as roupas novas chegam na casa ou no escritório da pessoa. Fazer compras está se tornando uma experiência incrível.

Muitos varejistas já reforçaram a rede Wi-Fi para atender às expectativas dos consumidores da geração dos Milênios e para melhorar as operações na loja, mas agora com a Geração Z, o cenário é outro. Para a Geração Z, a tecnologia está incorporada à experiência de compra e a rede deve estar à altura dessa expectativa.

As lojas precisam de Wi-Fi ultrarrápido e altamente expansível, que ofereça suporte a experiências na loja, como espelhos inteligentes, vitrines touchscreen e realidade aumentada. Elas precisam de beacons de localização via Bluetooth para operar com marketing personalizado e tecnologia wayfinding. É claro que o Wi-Fi para visitantes deve ser fácil para os consumidores, e não criar problemas de suporte técnico para os funcionários da loja.

Os varejistas podem atrair os compradores na loja ou por meio de um aplicativo móvel. Os compradores podem receber incentivos e notificações personalizados. Eles podem usar o aplicativo da loja para encontrar os produtos que estão procurando, visualizando o caminho direto até o departamento ou local que se encontra. As notificações baseadas na aproximação do cliente podem ser usadas para incentivos e ofertas conforme os compradores passam pela loja ou pelo shopping.

A rede também pode revelar informações de negócios. A análise de presença pode trazer informações sobre como as pessoas se movimentam pela loja, que podem ser usadas para melhorar o layout da loja.

Devido aos recursos avançados, os varejistas precisam de uma rede que seja fácil de configurar e gerenciar nas lojas, e com segurança robusta.

Fernando Sete, gerente de engenharia da Aruba HPE.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial