TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

E-commerces devem investir em experiência de pagamento na Black Friday

Postado em: 21/11/2019, às 19:31 por Redação

Estima-se que as vendas no e-commerce brasileiro, durante a Black Friday deste ano, faturem R$ 3,45 bilhões. Este montante representa um aumento de 18% em relação a 2018, segundo levantamento da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).

De acordo com o Google, as compras online durante essa data aumentam cerca de 19 vezes se comparadas a um dia comum, e os e-commerces devem estar preparados para essa alta no acesso aos seus sites. A atenção também deve estar voltada aos aplicativos, uma vez que 36% dos brasileiros afirmaram que utilizarão aplicativos para realizar as compras durante a Black Friday.

Neste sentido, a Ingenico ePayments, divisão de pagamentos móveis e online do Grupo Ingenico, reforça a importância de os e-commerces priorizarem a experiência de pagamento do consumidor, fornecendo opções variadas.  Em levantamento realizado, a companhia detectou que 60% dos pedidos são abandonados antes que se complete o pagamento. Em geral, as razões para essa taxa de desistência são:  falta de opções de pagamento (71%); questões de segurança (69%); problemas técnicos (59%); excesso de etapas (54%); informação pessoal (46%); não encontrar a opção de cartão de crédito desejada (17%).

"Os investimentos para atrair consumidores às lojas virtuais são altos, envolvendo desde campanhas de marketing digital a promoções e atrativos constantes no site. Perder o cliente justamente na etapa de pagamento é jogar fora o investimento realizado. Por isso, a urgência de os varejistas priorizarem a Experiência de Pagamento", explica Dario Schapiro, gerente de Marketing para América Latina da Ingenico ePayments.

A fim de garantir uma jornada de compra sem fricção, a Ingenico ePayments estabeleceu três pilares fundamentais para garantir a melhor experiência de pagamento possível ao consumidor e que podem impulsionar as vendas do e-commerce durante a Black Friday:

  1. Otimizar taxa de conversão

Uma das principais razões pelas quais há usuários que ainda não estão convencidos de fazer compras online se deve à falta de opções de pagamento. Cada país possui diferentes preferências de pagamento, que variam desde meios alternativos até cartões locais. Uma empresa que não se adapta às preferências de compra da região em que opera tende a perder oportunidades de vendas.

Algumas ferramentas possibilitam capturar oportunidades e gerar novas. Uma delas são os bots de mensagens. Em todo o mundo, existe mais de 3 bilhões de usuários de aplicativos de mensagens instantâneas, sendo que 35% (mais de 1 bilhão) já usam chatbots para entrar em contato com empresas.

Pensando em tecnologia NFC, por exemplo, o TapHero é uma ferramenta que permite aos clientes realizar compras on-line simplesmente aproximando seus cartões de crédito ou débito a seus dispositivos móveis. A tokenização, que permite aos clientes carregar os dados do cartão nas páginas apenas uma vez, é outra ferramenta que auxilia no processo de pagamento. Dessa forma, a cada compra subsequente, o consumidor verá seus dados automaticamente carregados e uma nova cobrança é realizada.

  1. Aumentar o ticket médio

A venda adicional posterior à compra pode ajudar a aumentar o ticket médio entre 10% e 30%. Além disso, ajuda a economizar recursos para as empresas, uma vez que o gasto para conquistar um novo cliente é de 6 a 7 vezes maior do que o gasto para reter um cliente já existente. Uma forma de aumentar a lealdade de um comprador é oferecer maneiras de receber benefícios ao efetuar seu pagamento, como por exemplo, a oportunidade de recuperar o valor da sua compra ou obter um desconto.

Neste sentido, o Gamified Checkout é uma ferramenta inovadora que aumenta as conversões das empresas, aplicando conceitos e elementos divertidos no processo de pagamento. Com ela, os clientes incluem, facilmente, uma série de jogos na sua página de pagamento que ajudam a finalizar a compra, tornando-a mais recompensadora e divertida.

  1. Otimizar custos de processamento

Durante o processo de pagamento online, existem elementos que podem fazer com que a experiência para o usuário e para o varejista seja mais simples. Um desses elementos são os sistemas anti-fraude. Quando os varejistas contam com ferramentas de detecção de fraudes efetivas, é possível evitar perdas significativas e oferecer uma melhor interação com os compradores, gerando ao mesmo tempo aumento na taxa de conversão. "Machine Learning é um exemplo, pois conta com capacidade de aprender sobre os padrões de processos de pagamento, fazendo com que a mesma repetição gere conhecimento e eficácia na detecção de fraude", destaca Schapiro.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial