Publicidade
Início Notícias Comunicações Telefônica dobra área de data center em SP para suportar clientes na...

Telefônica dobra área de data center em SP para suportar clientes na jornada da transformação digital

2
Publicidade

Diante do recuo sistemático do consumo de telefonia e até das conexões de dados, a Telefônica | Vivo partiu para uma oferta de serviços mais completa de serviços. Para isso, a operadora investiu na expansão de um dos seus quatro data centers no Brasil, o de Tamboré, em Santana do Parnaíba, na Grande São Paulo.

O espaço recebeu um novo aporte de R$ 125 milhões, que se somou aos R$ 400 milhões da construção inicial (em 2012), e teve o espaço físico duplicado para 4.6 mil metros quadrados.  “Estamos transcendendo a questão da conectividade”, disse a diretora de produtos e Inovações de B2B da Vivo, Debora Bortolasi.

O data center tem certificação tier III e atende desde as pequenas empresas até grandes corporações. “A ideia é acompanharmos os nossos clientes em toda a jornada da transformação digital”, informou o vice-presidente B2B da Telefônica, Alex Salgado.

Os negócios na área de data center no Brasil são divididos em quatro unidades centrais: soluções, que são a revenda de equipamentos e software, big data, com um time especializado em cientistas de dados como serviço, internet das Coisas/M2M, voltado para a automação de ‘tudo’ e segurança, como monitoramento de perímetro, estradas ou de presídios.

2 COMENTÁRIOS

  1. Se as empresas de Telecom não investirem com urgência com muito esforço, foco e recursos na criação novas tecnologias, empresas como Google, Microsoft e outras milhares de starups irão liquidar com o faturamento Bigs companhias de Telecom, a exemplo do Whattapp que sem piedade já roubou muito trafego da telefonia. Só montar data center para justificar o famoso valor agregado definitivamente, com a oferta do tipo Pabx virtual, não irão salvar os monstros da telefonia. Mais do mesmo não resolve, não vende!
    Empresas que não criam morrem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile