Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Oracle diz que ultrapassou Salesforce como maior fornecedor de software na nuvem

Oracle diz que ultrapassou Salesforce como maior fornecedor de software na nuvem

0
Publicidade

A Oracle Corporation anunciou nesta quinta-feira, 15, os resultados fiscais de segundo trimestre de 2017, que registrou receitas de US $ 9 bilhões, alavancadas por faturamento proveniente de software como serviço (SaaS) e plataforma como de serviço (PaaS), que foi de US$ 878 milhões (81% de crescimento em relação ao ano anterior) e US$ 912 milhões (87%), respectivamente. O total das receitas de serviços de nuvem, incluindo infraestrutura como serviço (IaaS), foi de US$ 1,1 bilhões (62%), somado as receitas de Software On-Premise que foi de US$ 7,2 bilhões (2%).

O lucro operacional foi de US $ 3 bilhões e margem operacional foi de 34% em relação ao ano anterior, e lucro líquido de US$ 2 bilhões. O lucro por ação foi de US$ 0,61, resultado que agradou Wall Street, que previa lucro de US$ 0,60. O fluxo de caixa numa base direta de doze meses foi US$ 14,2 bilhões, 9% acima do ano anterior.

“Por quatro trimestres consecutivos nossa taxa de crescimento de receita de nuvem SaaS & PaaS aumentou,” disse o CEO da Oracle, Safra Catz. “Com maiores clientes na nuvem, a gente cresce mais rápido Nossa taxa de crescimento de SaaS e PaaS da agora é até 89%. Esta aceleração do ritmo de crescimento tem levado nossas receitas trimestrais na nuvem superarem a marca de US$ 1 bilhão. Quando a Ssalesforce.com cruzou o marco de US$ 1 bilhão de dólares sua taxa de crescimento de subscrição de SaaS e PaaS tinha diminuído para 36%, mesmo após você incluir todas as suas aquisições.”

“A Oracle agora passou a Salesforce.com e se torna o número um em vendas de aplicações SaaS na nuvem para clientes com mais de 1.000 empregados de acordo com o último relatório da IDC,” disse o CEO da Oracle, Mark Hurd. “Em outras palavras, este ano estamos vendendo mais aaS do que qualquer provedor de serviços de nuvem do mundo. Esperamos de mais US$ 2 bilhões em novos negócios recorrentes na nuvem só este ano. E, com a aquisição da NetSuite, pretendemos ser o provedor de serviços de aplicativos de nuvem no um para empresas com menos de 1.000 funcionários também.”

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile