Publicidade
Início Newsletter (TI Inside) Gartner estima que gastos com TI chegarão a US$ 4 trilhões em...

Gartner estima que gastos com TI chegarão a US$ 4 trilhões em 2022

0
Publicidade

“As empresas criarão cada vez mais novas tecnologias e software, em vez de comprá-los e implementá-los, levando a níveis de gastos mais lentos em 2022 em comparação com 2021”, disse John-David Lovelock, distinto vice-presidente de pesquisa do Gartner. “No entanto, as iniciativas de tecnologia digital continuam sendo uma prioridade de negócios estratégica para as empresas, à medida que continuam a reinventar o futuro do trabalho, concentrando-se nos gastos em tornar sua infraestrutura à prova de balas e acomodando o trabalho híbrido cada vez mais complexo para os funcionários em 2022.”

Espera-se que o software corporativo tenha o maior crescimento em 2022, 11,5% (consulte a Tabela)

1), impulsionado pelos gastos com software de infraestrutura que continuam a superar os gastos com software aplicativo. O crescimento global dos gastos com dispositivos atingiu um pico em 2021 (15,1%) com o trabalho remoto, telessaúde e aprendizagem remota, mas a Gartner espera que 2022 ainda mostre um aumento nas empresas que atualizam dispositivos e / ou investem em vários dispositivos para prosperar em um ambiente de trabalho híbrido.

Previsão mundial de gastos com TI (milhões de dólares americanos)
Gastos 2020 Cresci-mento 2020 (%) Gastos 2021 Cresci-mento 2021 (%) Gastos 2022  Cresci-mento 2022 (%)
Data Center Systems 178,836 2.5 196,142 9.7 207,440 5.8
Enterprise Software 529,028 9.1 600,895 13.6 669,819 11.5
Devices 696,990 -1.5 801,970 15.1 820,756 2.3
IT Services 1,071,281 1.7 1,191,347 11.2 1,293,857 8.6
Communications Services 1,396,334 -1.5 1,451,284 3.9 1,482,324 2.1
TOTAL 3,872,470 0.9 4,241,638 9.5 4,474,197 5.5

Fonte: Gartner (outubro de 2021)

“O que mudou em 2020 e 2021 não foi realmente a tecnologia em si, mas a vontade e ânsia das pessoas em adotá-la e usá-la de maneiras diferentes”, disse Lovelock. “Em 2022, os CIOs precisam reconfigurar como o trabalho é feito, adotando a composição de negócios e as tecnologias que acomodam fluxos de trabalho assíncronos.”

A metodologia de previsão de gastos de TI do Gartner depende fortemente de análises rigorosas de vendas de milhares de fornecedores em toda a gama de produtos e serviços de TI. O Gartner usa técnicas de pesquisa primária, complementadas por fontes de pesquisa secundárias, para construir um banco de dados abrangente de dados de tamanho de mercado no qual basear suas previsões.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile