Publicidade
Início Notícias Negócios Em meio a rumores sobre sua aquisição, EMC negocia compra de fatia...

Em meio a rumores sobre sua aquisição, EMC negocia compra de fatia em joint venture

0
Publicidade

A EMC surpreendeu o mercado nesta quarta-feira, 22, ao anunciar que planeja comprar a participação da Cisco Systems na joint venture VCE, formada pelas duas empresas, que produz equipamentos de computação virtual para clientes corporativos, segundo pessoas familiarizadas com o assunto disseram ao The Wall Street Journal. A revelação ocorre em meio a especulações de que a fornecedora de soluções de armazenamento e gerenciamento da informação pode ser adquirida por uma empresa rival.

Chegou-se até mesmo a cogitar que a Cisco seria uma das interessadas em comprar a EMC, o que foi prontamente rechaçado pelo CEO John Chambers. Segundo as fontes, a EMC também manteve conversações sobre uma possível fusão com a HP por quase um ano, o que terminou recentemente sem que chegassem a um acordo, e até mesmo com a Dell.

De acordo com as mesmas fontes, a EMC vai pagar a Cisco uma quantidade “de minimis” (o mínimo) pela participação. Procuradas pelo jornal americano, as duas empreas se negaram a comentar o assunto. A EMC postou um comunicado na terça-feira, 21, afirmando que iria realizar uma coletiva de imprensa nesta quarta para discutir o “desenvolvimento de novos negócios”, além de apresentar os resultados financeiros do terceiro trimestre.

A VCE foi fundada em 2009 e entre seus acionistas estão também a VMware e a Intel. A empresa fornece pacotes de tecnologia para data centers, o que inclui dispositivos de armazenamento EMC, equipamentos de rede Cisco e software da VMware integrado. A demanda anual estimada para seus produtos, como o de infraestrutura convergente vBlock, é de US $ 1,8 bilhão.

Documentos públicos indicam, no entanto, que a joint venture tem sido um fardo financeiro para a Cisco, que em setembro passado detinha 35% de participação na VCE e estimava perdas acumuladas de US$ 644 milhões, desde o início do empreendimento. Uma apresentação da EMC feita em agosto passado mostrava que a EMC possuía 63% de participação na VCE e acumulava US$ 956 milhões em perdas na companhia.

De acordo com relatório da Bloomberg, assumir a operação da VCE pode dar à EMC um impulso financeiro necessário.

Resultados financeiros

Nesta quarta-feira, a EMC também divulgou os resultados financeiros do terceiro trimestre deste ano, com receita recorde de US$ 6 bilhões, um aumento de 9% em relação a igual período do ano anterior. O lucro líquido foi de US$ 587 milhões, o que dá um ganho por ação diluída de US$ 0,28, 4% acima do mesmo período do ano anterior.

No trimestre, a EMC gerou US$ 1,7 bilhão de fluxo operacional de caixa e US$ 1,3 bilhão de fluxo livre de caixa, encerrando o período com US$ 15,4 bilhões em caixa e investimentos. A empresa readquiriu aproximadamente US$ 375 milhões de suas ações ordinárias no terceiro trimestre e retornou cerca de US$ 240 milhões aos acionistas via dividendos trimestrais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile