Publicidade
Início Segurança Cases Cerca de 500 milhões de usuários têm dados comprometidos por invasão no...

Cerca de 500 milhões de usuários têm dados comprometidos por invasão no sistema de reservas da rede hoteleira Marriott

0
Publicidade

Cerca de 500 milhões de pessoas tiveram seus dados acessados ilegalmente após se hospedarem em hotéis da rede Marriott, entre os quais W, Sheraton e Westin.

A empresa hoteleira informou que hackers conseguiram “acesso não autorizado” ao sistema de reservas Starwood desde 2014, mas que o problema foi identificado apenas na semana passada. Os dados foram copiados e criptografados. A violação afetou clientes que fizeram reservas até 10 de setembro.

Segundo o Marriott, 327 milhões de pessoas tiveram expostos seus nomes, números de telefone, endereços de e-mail, números de passaporte, data de nascimento e informações de chegada e partida. Outro grupo expressivo teve seus números de cartões de crédito e respectivas datas de vencimento potencialmente comprometidos.

A rede Marriott, que relatou este incidente à polícia e continua a apoiar as investigações, destacou que as informações do cartão de crédito dos clientes estavam criptografadas, mas que era possível que os hackers também tivessem as informações necessárias para decifrá-las.

As vastas reservas de dados pessoais identificáveis disponíveis na Dark Web continuam a crescer a taxas históricas e os fraudadores têm muitos recursos para roubar identidades ou criar novas identidades sintéticas usando uma combinação de informações reais e inventadas, ou informações inteiramente fictícias.

Por exemplo: os dados pessoais obtidos em uma violação poderiam ser cruzados com dados obtidos em outra violação e com outras violações amplamente divulgadas.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile