Publicidade
Início Notícias Inovação Com aporte de R$ 4 milhões, Membran-i amplia oferta de serviços de...

Com aporte de R$ 4 milhões, Membran-i amplia oferta de serviços de Supply Chain

0
Publicidade

A Membran-i, startup de tecnologia em e-procurement que simplifica os processos de Supply Chain, captou R$ 4 milhões em rodadas de investimentos para expansão da solução e inovação tecnológica em Inteligência Artificial. Em dois anos de operação, a Membran-i desenvolveu a Plataforma MAI de negociação B2B, que estrutura demandas e ofertas de mercado proporcionando negociações anônimas em tempo real.

“A complexidade do processo comercial necessitava de uma solução mais prática e assertiva para estruturar as demandas e ofertas. Capaz de ganhar escala e produtividade nas negociações, nossa solução já foi validada por grandes empresas de diversos setores, e aponta a redução de até 75% no tempo gasto com processos de compra e 59% em economia”, destaca Florent Desidério, fundador e CEO da Membran-i.

Operando no modelo SaaS, a Plataforma MAI simplifica metodologias de compras, como Market Place, SRM, BPO Compras, Leilão Reverso e Grupo de Compras, por meio de negociação em rede e suportada pela tecnologia proprietária de Inteligência Artificial AIN² (“Artificial Intelligence Network Negotiation” – desenvolvida pela Membran-i para analisar vários requisitos durante a negociação: Quantidade, Logística, Preço, Condição de Pagamento e Qualidade, em busca do melhor match entre os compradores e fornecedores.

“Nossa Inteligência Artificial otimiza todos os custos, levando em conta diversos fatores logísticos, fiscais e tributários. A previsão para este ano é embarcar mais 200 empresas na solução, transacionando mais de R$240 milhões entre produtos e serviços. Se atingirmos nossas expectativas, devemos abrir mais uma rodada de investimento (série A), no final deste ano”, acrescenta Florent.

A Membran-i possui atuação multisetorial, mas irá focar sua estratégia junto às empresas dos setores de energia elétrica, agronegócio, construção civil, automotivo e desenvolvimento de integradores tecnológicos que ajudarão a massificar o uso da plataforma. A hiper automação no processo B2B com uso de IA para decisão inteligente, e alta escalabilidade digital, é uma realidade para um futuro próximo (2025), como mostra a pesquisa da Gartner de 2020.

Segundo Florent, “ainda é comum as empresas realizarem entre três e quatro cotações durante os processos de compras e utilizarem vários canais de comunicação, como reuniões presenciais, televendas, e-commerce ou pesquisa em catálogos. Tais procedimentos causam morosidade para o processo de compras, com dispersão e perda analítica de dados. Em média, gasta-se 7 horas por negociação a um custo de R$400. Com a plataforma, a economia obtida nas negociações realizadas foi de 13% em média, chegando a atingir 59% em alguns casos”, diz.

A falta de acesso fácil às informações dificulta as negociações e cerca de 40% das compras realizadas são emergenciais, sem planejamento prévio, gerando ágio e custos maiores na hora da compra. O grau de digitalização dos processos de procurement permanece ainda abaixo dos 25%.
Iinício da Startup

Após desenvolver um portal B2B de cotações para uma cooperativa de construção civil em que trabalhava, Florent Desidério, foi estudar o mercado de Supply Chain e percebeu as dores e oportunidades, encontrando falta de processos eficientes e de utilização inteligente de dados. Foi então que o executivo, formado em Engenharia Multidisciplinar pela École Centrale de Lyon (França) e com especialização em Engenharia de Produção pela Escola Politécnica da USP, fundou a Membran-i no fim de 2018.

“Proporcionamos uma grande quebra de paradigma para as empresas clientes que realizam suas negociações por meio da nossa plataforma. Por trabalhar em rede, a condição de um para um, passa a ser de muitos para muitos. As negociações, antes abertas e passíveis de julgamento e parcialidade tornam-se anônimas. Com isso, além da otimização de tempo, é possível aumentar as chances de encontrar a melhor opção de compra, conhecer novos fornecedores, economizar, por meio do alto volume negociado em rede, e fechar a compra com segurança, respeitando sua zona de conforto estabelecida”, finaliza Desidério.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile