Publicidade
Início Notícias Negócios Receita líquida da CI&T cresce 66% e chega a R$ 491,9 milhões

Receita líquida da CI&T cresce 66% e chega a R$ 491,9 milhões

0
Publicidade

A CI&T, multinacional brasileira especialista em digitalização, anunciou que obteve uma receita líquida de R$ 491,9 milhões, no primeiro trimestre de 2022, um aumento de 66% em relação ao mesmo período no ano anterior. A receita líquida em moeda constante cresceu 75,3% na comparação. O EBITDA ajustado no trimestre foi de R$ 86,1 milhões, um aumento de 25,9% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Parte desse desempenho foi atribuído à aquisição da empresa Somo – concluída em 27 de janeiro de 2022, que contribuiu com 10 pontos percentuais do crescimento da receita no trimestre e aumentou a exposição de receita da companhia na Europa. O forte crescimento também é reflexo do aumento de escopo em clientes existentes combinado com a adição no trimestre de 16 novos clientes com receita acima de R$ 1 milhão nos últimos doze meses – passando de 94 para 100 clientes.

Em termos de receita por setor, as verticais que estão crescendo mais rapidamente são Tecnologia, Mídia e Telecom (TMT) e Varejo e Manufatura, devido à forte demanda por serviços dos clientes nesses setores, bem como a adição de novos clientes nessas verticais.

Aumento de capital humano

A CI&T encerrou o primeiro trimestre com 6.435 funcionários, uma adição líquida de 2.674 pessoas, crescimento de 71%, em relação ao mesmo período no ano anterior. Esse aumento nas contratações é fruto do plano de expansão que está em andamento desde as aquisições das empresas Dextra e Somo, em junho de 2021 e janeiro de 2022, respectivamente.

A expectativa da CI&T é que a receita líquida no segundo trimestre de 2022 atinja pelo menos R$ 530 milhões, um crescimento de 68% em relação à de R$ 315 milhões no mesmo período do ano anterior. Para todo o ano de 2022, a expectativa é de receita líquida seja de pelo menos R$ 2,3 bilhões ou US$ 442 milhões, um crescimento de 59% em relação ao montante de R$ 1,4 bilhões registrado em 2021. Este guidance para 2022 pressupõe uma taxa de câmbio média de 5,20 reais por dólar norte-americano para o ano inteiro.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile