TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nova turma do Start-Up Brasil terá R$ 9,7 milhões para pesquisa e inovação

Postado em: 15/05/2018, às 20:19 por Redação

O programa Start-Up Brasil lançou a turma 5, com 46 empresas nascentes de base tecnológica, que terão acesso a R$ 9,7 milhões em investimentos. Os recursos estão previstos em edital lançado no ano passado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). O programa é gerida pela Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex).

Desse grupo, 45 são empresas nacionais, provenientes de 14 estados brasileiros, além de uma companhia da Suíça. As principais áreas de atuação dessas startups são saúde (7), tecnologia da informação e telecomunicações (4), educação (3), finanças (3), varejo (3), agronegócio (2), segurança e defesa (2), automotivo (1), eventos e turismo (1) e moda e beleza (1). As 13 restantes atuam em setores transversais.

"O Start-Up Brasil se mantém forte e faz parte do compromisso do governo federal, assumido na Estratégia Brasileira para a Transformação Digital, de apoiar pelo menos 200 startups por ano em programas governamentais. Nosso objetivo é criar um ambiente colaborativo para que todos players do ecossistema nacional possam contribuir para a evolução do programa e no mapeamento e superação dos desafios do empreendedorismo no país", afirmou o secretário de Políticas Digitais do MCTIC, Thiago Lopes.

Ao longo dos próximos 12 meses, a Turma 5 participará de eventos, além de atividades de capacitação e de aproximação com grandes companhias nacionais e internacionais, investidores e programas de acesso ao mercado e a compras públicas. As participantes também receberão uma bolsa para investimento em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) de até R$ 200 mil.

Nesse período, as startups trabalharão com 13 aceleradoras qualificadas, distribuídas pelos estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

"Como gestores do Start-Up Brasil pelos próximos dois anos, agregamos como valor a nossa experiência na condução de programas de internacionalização, de qualidade e, também, as linhas de financiamento, áreas que ganharão ainda mais força com startups da Turma 5", destacou o presidente da Softex, Ruben Delgado.

O programa

O Start-Up Brasil apoia empresas nascentes de base tecnológica nacionais e internacionais com até quatro anos de existência e que desenvolvam produtos e serviços inovadores utilizando software, hardware ou serviços de tecnologia da informação (TI). Lançado em 2012, o programa já executou dois ciclos de aceleração, com quatro turmas, apoiando 183 startups oriundas de 17 estados brasileiros e de outros 13 países.

Até o momento, o MCTIC aportou R$ 43,7 milhões em projetos de PD&I. A iniciativa alavancou cerca de R$ 103 milhões em investimentos privados e gerou mais de 1,2 mil empregos diretos.

RSS
Facebook
Google+
http://tiinside.com.br/tiinside/15/05/2018/nova-turma-do-start-up-brasil-tera-r-97-milhoes-para-pesquisa-e-inovacao/
Twitter
LinkedIn

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial