TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Preço da banda larga no mundo cai 50%; Brasil desce no ranking de TICs

Postado em: 15/09/2011, às 17:44 por Redação

O preço da banda larga em todo o mundo caiu 52,2% de 2008 até o ano passado. Os dados são do último relatório da União Internacional de Telecomunicações (ITU, na sigla em inglês), divulgado nesta quinta-feira, 15. O estudo trouxe também o ranking dos países em termos de infraestrutura de tecnologias da informação e comunicações (TICs) e de preços dos serviços de telecomunicações.

“O milagre da mobilidade está colocando serviços de TICs ao alcance até mesmo das comunidades em maior desvantagem. Nosso desafio, agora, é replicar o sucesso à banda larga”, enfatizou o secretário geral da ITU, Hamadoun Touré, que ressaltou o desempenbho mais dinâmico dos países em desenvolvimento.

O Brasil, disse ele, possui os serviços mais caros quando comparado com o restante do mundo. O país aparece na 96ª posição no ranking Cesta de Preços das TICs, com o gasto com os serviços representando 4,8% da renda média bruta do brasileiro, dois pontos percentuais menor que o registrado no levantamento anterior, em 2008. O preço dos serviços de telefonia celular representa 8,5% da renda média bruta da população, queda de 0,7 ponto percentual na mesma comparação. Seguindo a tendência mundial, o preço da banda larga fixa teve a redução mais significativa – de 6,9% da renda média, em 2008, para 2,5% registrados no ano passado.

Na Rússia, o gasto médio equivale a apenas 1,1% da renda média bruta da população, enquanto na China a porcentagem sobe para 3,1% e na Índia, para 4,1%. O levantamento tomou como base informações de 152 países.

Já no Índice de Desenvolvimento de TICs (IDI, na sigla em inglês), que que mede a infraestrutura para a oferta de serviços de internet e telefonia, o Brasil aparece na 64ª colocação, com nota 4,22 em uma escala de 0 a 10. Embora a nota tenha subido (era 3,7 em 2008), o país caiu duas posições em relação ao ranking anterior. Nas Américas, o Brasil está em 8º lugar, atrás de Estados Unidos, Canadá, Barbados, Uruguai, Chile, Argentina e Trinidad e Tobago.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top