TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Secretaria de Planejamento de Alagoas implementa solução de BI

Postado em: 02/04/2018, às 20:49 por Redação

Pensando em cortar gastos excedentes e remanejar verbas para áreas que realmente carecem, a Secretaria de Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas  implantou a plataforma de business intelligence da Qlik em seus departamentos. Após a escolha pela Qlik, solução BI que possibilita criar aplicativos e painéis de análise guiada altamente interativos, o projeto levou cerca de dois meses para começar a rodar. Para garantir que a ferramenta será utilizada de maneira realmente eficiente, vinte pessoas da equipe foram treinadas para melhor interpretar os dados.

Implementado em setembro de 2017 pela NTech, parceira do Grupo IN, a necessidade inicial era otimizar e analisar a folha de pagamento de mais de 70 mil servidores do Estado – visto que antes os dados ficavam distribuídos por planilhas do Excel em diversos computadores. No começo deste ano, foi preciso fazer uma auditoria de rotina nas contas públicas. Um trabalho que demoraria dias foi feito em poucas horas e incluiu recadastramento de servidores, auditoria da base e consulta aos dados organizados pela plataforma Qlik. "Nós ganhamos velocidade na tomada de decisão, sendo umas das ferramentas que temos utilizado para conseguir manter um controle absoluto da folha", completou Israel Lins Oliveira, assessor especial da Seplag.

Atualmente, além dos pagamentos, a Secretaria utiliza os painéis para ter uma visão do sistema de movimentação dos processos, visando dar mais celeridade e eficiência aos trâmites dos processos dos órgãos – por ano circulam pela Seplag mais de 100 mil tramitações.

Com esses  resultados positivos,  já existem planos para expansão da usabilidade das funções. Além de ampliar os painéis para todo o Estado, existem projetos para utilizar as informações em outras frentes. Um exemplo é o Central Já!, unidade integrada que reúne órgãos e entidades prestadoras de serviço de natureza pública. Com uma visão de dados ampliada, como de quais regiões são os alagoanos que mais buscam os serviços, será possível abrir novas unidades em bairros com alta demanda. "Dessa maneira utilizamos o BI para impactar de maneira efetiva a vida do alagoano", concluiu Oliveira.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top