TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Internet das Coisas deve movimentar cerca de US$ 6 trilhões globalmente em cinco anos

Postado em: 05/08/2016, às 18:02 por Redação

O número de dispositivos de Internet das Coisas instalados no período de 2015 a 2020 globalmente deve alcançar 24 bilhões — incluindo sensores, aplicativos, máquinas, equipamentos e dispositivos —, com os investimentos em infraestrutura e soluções chegando a US$ 6 trilhões, de acordo com estimativas do BI Intelligence, serviço de pesquisas do site Business Insider.

Esse salto, segundo o relatório da empresa, ocorrerá devido a vários fatores, entre eles, a expansão das conexões de internet em todo o mundo, o aumento da adoção de dispositivos móveis, o surgimento de um número maior de sensores de baixo custo e mais investimentos em tecnologias de IoT. O relatório da BI Intelligence avalia que explosão da Internet das Coisas é iminente, é que a revolução provocada por suas tecnologias já está começando a afetar a vida cotidiana com a chegada de carros autônomos e casas inteligentes.

"A Internet das Coisas está ganhando velocidade e, quando se consolidar, vai mudar a forma como vivemos, trabalhamos, viajamos, nos divertimos e muito mais", dizem John Greenough e Jonathan Camhi, analistas do BI Intelligence. "De lares e carros conectados a edifícios e transporte inteligentes, cada aspecto de nossas vidas seá afetado pela capacidade crescente de consumidores, empresas e governos para se conectarem e controlarem tudo à sua volta."

"Imagine espelhos inteligentes que permitem que você experimente digitalmente roupas e acessórios, ou sensores instalados na linha de montagem que podem detectar até mesmo a menor diminuição da eficiência e determinar quando o equipamento deve ser reparado ou substituído. Ou, então, equipamentos agrícolas guiados por GPS, capazes de plantar, adubar e colher as culturas, ou rastreadores de fitness que permitem aos usuários transmitir dados para seus médicos", ressaltam Greenough e Cambi, enfatizando que não se trata de ficção científica. "Esta é a próxima revolução industrial e está acontecendo enquanto falamos. É tão grande que pode significar novas fontes de receita para as empresas e novas oportunidades para os consumidores."

Segundo o estudo da BI Intelligence, as empresas serão as que mais adotarão soluções de IoT, em razão da necessidade de reduzir custos, aumentar a produtividade, expandir-se para novos mercados e desenvolver novas ofertas de produtos, seguidas pelo setor de governo, em todas as esferas, e consumidores de modo geral.

O relatório aborda ainda sobre como a Internet das Coisas está sendo implementada, quais são as novas fontes de receita e oportunidades e como 16 setores distintos da economia deverão se transformar ao longo dos próximos 20 anos. Além disso, mostra os desafios de segurança consideráveis apresentado pela Internet das Coisas e como eles podem ser superados.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial