TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Desvios de conduta e de comportamento são as denúncias com maior ocorrência nas empresas, aponta KPMG

Postado em: 24/09/2019, às 17:04 por Redação

O estudo "Perfil do Hotline no Brasil", da KPMG, mostrou que os temas mais denunciados pelas empresas pesquisadas estão relacionados a desvio de conduta e comportamento (31%), seguidas de assédio moral (24%), descumprimento de políticas (20%) e corrupção (9%). De acordo com o levantamento, 35% dos entrevistados têm um tempo médio de apuração de um relato que vária de 11 a 30 dias. Para outros 33%, depende de um prazo maior, de 31 a 60 dias.

A pesquisa aponta também que 79% das empresas entrevistadas possuem um canal de denúncia e comunicação oferecido aos colaboradores, prestadores de serviço, terceiros, clientes e sociedade, para relatarem denúncias e irregularidades (hotline). Além disso, 40% afirmam que já têm um hotline implementado e com mais de cinco anos de operacionalização.

De acordo com a pesquisa, 33% das empresas investem mais de R$ 60 mil em estruturas de hotline. Com relação à divulgação desses canais, 84% promovem a ferramenta, sendo que a maioria (97%) possibilita o encaminhamento de denúncias anônimas. Dentre as formas de recebimento das informações, 43% utilizam o website, seguido por telefone e e-mail, que representam, 26% e 17%, respectivamente.

"A maioria das empresas entrevistadas relatou que os colaboradores, sejam eles funcionários, sejam terceiros, confiam nos canais de denúncias e irregularidades disponíveis e acreditam na eficiência da ferramenta para identificar desvios de padrões de conduta. Tal confiança é essencial para que utilização do hotline seja algo comum dentro das empresas", afirma o sócio líder da prática de Compliance da KPMG no Brasil, Emerson Melo.

Funções do Comitê de Ética e Compliance

Dentro do universo de empresas entrevistadas, quase a metade (48%) informou que recebe mais de 37 relatos por ano nas plataformas de hotline. Outro fator de destaque apresentado na pesquisa é referente às funções do Comitê de Ética e Compliance, apontado como o responsável pelo recebimento de relatos por 36% dos entrevistados.

"A função de Compliance e Do Comitê de Ética também faz parte do processo de apuração de denúncias. A pesquisa mostrou que quase metade das empresas utiliza esses procedimentos. Entretanto, alguns dos entrevistados relataram que a baixa maturidade da cultura de compliance acaba sendo um dos motivos para a não implementação do hotline. Por isso, a importância dessas funções", explica Emerson Melo.

A pesquisa contou com a participação de aproximadamente 200 empresas de diversos segmentos, dentre eles: Consumo e Varejo; Mercado industrial; Governo e Infraestrutura; Serviços Financeiros e Tecnologia, Mídia e Telecomunicação.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial