TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Dell entra em acordo com CEO e adia votação para o próximo mês

Postado em: 02/08/2013, às 18:06 por Redação

O comitê especial do Conselho de Administração da Dell adiou novamente a assembleia extraordinária de acionistas para votação da proposta de recompra de ações após entrar em acordo com o CEO Michael Dell e o fundo de private equity Silver Lake Partner para aumentar o preço de recompra de US$ 13,65 para US$ 13,75. Ao contrário do que o comitê havia declarado na última quarta-feira, 31, as regras de votação serão modificadas, conforme exigido pelo CEO, para que a proposta seja ampliada. A reunião, que deveria acontecer nesta sexta-feira, 2, foi remarcada para o dia 12 de setembro.

A nova proposta também inclui o pagamento de um dividendo especial aos acionistas no valor de US$ 0,13, o que soma uma oferta total de US$ 13,88 por ação e aumenta em pelo menos US$ 350 milhões o valor agregado aos detentores de papéis da fabricante de PCs. Os dividendos do terceiro trimestres, já programados para serem pagos no valor de US$ 0,08, continuarão vigentes antes do fechamento do negócio. Caso a proposta seja aceita, com o pagamento de dividendo no terceiro trimestre os acionistas terão um ganho a mais de US$ 120  milhões, somando, assim, US$ 470 milhões de valor agregado.

"Em retorno ao aumento do valor aos acionistas, o padrão de votação foi modificado de tal forma que a transação melhorada exigirá aprovação pela maioria dos acionistas que realmente votarem sobre o assunto", diz o comitê no comunicado. Ou seja, um voto de abstenção não seja mais considerado como um voto contra a proposta, como previa a regra anterior. Para isso, a data de registro da proposta foi estabelecida para 13 de agosto, para que os acionistas votem no dia 12 do próximo mês.

"Nós acreditamos que modificar o padrão de votação está nos melhores interesses dos acionistas da Dell, tanto porque nos permitiu garantir substancial valor adicional à proposta, quanto porque proporciona condições de concorrência equitativas para a decisão dos acionistas" disse o presidente do comitê especial da Dell, Alex Mandl. "Redefinindo a data de registro e fornecendo aviso abundante da nova reunião, estamos garantindo que todos os acionistas desinteressados, incluindo aqueles que adquiriram suas ações desde 3 de junho, tenham ampla oportunidade de votar a favor ou contra a transação. Pedimos a todos os acionistas para apoiarem esta operação", conclui.

Na última quinta-feira, 1º,  Carl Icahn já havia entrado com processo no tribunal de Delaware contra a companhia por tentar adiar a votação pela terceira vez. O megainvestidor não se pronunciou, até o momento, sobre o novo acordo entre a fabricante e Michael Dell, tampouco sobre a remarcação da assembleia.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top