TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Banda Larga móvel desempenha papel fundamental na inclusão de gênero na AL, diz estudo

Postado em: 09/05/2019, às 18:58 por Redação

As autoridades dos governos da América Latina trabalham em conjunto há dez anos para reduzir a exclusão de gênero que existe na região. Neste cenário, as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC), e em particular para a banda larga móvel, apresentam grandes oportunidades para alcançar estas metas. Assim estabelece o relatório "Genero e TIC na América Latina", publicado pela 5G Americas.

"Para que a banda larga móvel seja bem aproveitada no combate às diferenças de gênero, é importante que as autoridades implementem estratégias para aumentar a conectividade. As tecnologias como LTE e LTE-A na atualidade, assim como a 5G em um futuro próximo, representam ótimas oportunidades para reduzir as distintas exclusões de gênero que existem em cada um dos mercados. É importante que existam maiores bandas de espectro para que as novas tecnologias possam se desenvolver de forma eficiente", explicou Jose Otero, Vice-Presidente para América Latina e Caribe da 5G Americas.

Embora os variados mercados da região tenham feito escolhas lógicas no caminho para a equidade de gênero, os próximos passos podem ser bem explorados com o uso otimizado das TIC. Principalmente da banda larga móvel e sem fio, uma vez que proporciona a oportunidade de estabelecer acesso em massa e melhorar os benefícios da telessaúde e da tele-educação, bem como oportunidades para melhorar as oportunidades para a geração novos negócios.

As tecnologias móveis são necessárias para que os diferentes governos possam trabalhar para aumentar o acesso das mulheres às TIC com o objetivo de melhorar as oportunidades de trabalho. As opções geradas pelas novas tecnologias permitem um grande empoderamento das mulheres, que podem desenvolver seus próprios empreendimentos ou melhorar suas condições em resposta às solicitações do mercado.

As TIC podem se confirmar também como ferramenta significativa para a formação e educação feminina. Este é um aporte considerável no preparo para um ambiente competitivo, melhorando as oportunidades de progresso no emprego. Por sua vez, o acesso às tecnologias pode funcionar também em âmbitos sociais relacionados à segurança, saúde e melhorar a qualidade de vida das mulheres.

"O uso de diferentes redes sociais ou aplicativos móveis podem gerar campanhas de conscientização e informação que são fundamentais na defesa dos direitos de mulheres e meninas. Por suas condições, a banda larga móvel possibilita que essas ações atinjam um grande número de cidadãos, potencializando o sucesso", reforçou Otero.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial