TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Microsoft reduz taxa de emissão de carbono e anuncia compromisso de dobrar sustentabilidade

Postado em: 16/04/2019, às 19:33 por Redação

Nesta segunda-feira, 15, Brad Smith, presidente da Microsoft, compartilhou a visão da empresa de uma sustentabilidade dobrada, com uma estratégia que colocará a sustentabilidade no centro de cada parte dos negócios e das tecnologias para trabalhar com resultados sustentáveis.

Liderando este compromisso está um aumento substancial da taxa interna de carbono da empresa para US$ 15 por tonelada métrica em todas as emissões de carbono. O imposto interno da Microsoft foi estabelecido há sete anos para responsabilizar financeiramente todas as divisões da empresa pela redução das emissões de carbono.

Os fundos desta taxa aumentada manterão a neutralidade da Microsoft em relação ao carbono e ajudarão a empresa a adotar uma abordagem tecnológica de ponta que colocará a sustentabilidade no centro de cada parte dos seus negócios.

Outros compromissos importantes são:

• Construir campus e centros de dados sustentáveis, incluindo um campus "carbono zero" em Puget Sound e inovar para reduzir o carbono em campus ao redor do mundo.

• Acelerar pesquisas através da ciência de dados em seu programa de IA para a Terra com novos conjuntos de dados e APIs de código aberto para aplicações ambientais.

• Parcerias com clientes atuais e novos para guiar transformações sustentáveis com nuvens, dispositivos e soluções de baixo carbono.

• Defender mudanças na política ambiental, incluindo a adesão ao Carbon Leadership Council (Conselho de Liderança do Carbono) para apoiar um preço nacional para o carbono.

Além disso, a Microsoft anunciou com a PricewaterhouseCoopers UK (PwC UK) uma pesquisa nova que mostra o potencial da IA para possibilitar o crescimento econômico ao mesmo tempo em que as emissões de gases de efeito estufa são reduzidas.

Analisando quatro setores-chave, agricultura, energia, água e transporte, o relatório conclui que os avanços possibilitados pela IA podem produzir um aumento de até 4,4% do PIB mundial e 4% de redução das emissões mundiais dos gases de efeito estufa, criando até 38 milhões de novos empregos no mundo inteiro.

O anúncio se baseia em mais de uma década de trabalho estudando esta questão, incluindo a redução das emissões de carbono e a compra de mais de 1,5 GW de energia renovável, bem como a parceria com clientes para guiar a transformação sustentável e um compromisso de $ 50 milhões em IA para a Terra.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial