Amazon testa entrega de encomendas com drones, afirma CEO

0
0

A Amazon está realizando testes com drones (aviões não tripulados) para fazer entrega de encomendas dos clientes, segundo informou neste domingo, 1º, o presidente-executivo, Jeff Bezos, no programa de televisão "60 Minutes" da CBS. Ele explicou que os drones podem entregar pacotes com peso de até 5 libras (2,3 kg), o que representa cerca de 86% dos pacotes que a varejista online envia.

Em seu website, a Amazon publicou um vídeo mostrando como o Prime Air, como o serviço de entrega com drone está sendo chamado pela empresa, vai funcionar, desde o momento em que o cliente faz a compra, passando pelo empacotamento no depósito e o envio pelo drone até o pouso diante da porta do consumidor. Os drones coletam itens nos centros de distribuição da Amazon e os levam voando às casas dos consumidores. O objetivo com o novo sistema é entregar os pacotes nas mãos dos clientes em 30 minutos ou menos, disse o Bezos.

Ele ressaltou, porém, que o Prime Air não estará disponível antes de quatro ou cinco anos, pois a FAA, agência reguladora da aviação civil dos Estados Unidos, terá autorizar o serviço e elaborar todas as normas e regulamentos envolvendo a entrega de mercadorias. Recentemente, a FAA aprovou o uso de drones para agências da polícia e do governo — cerca de 1,4 mil licenças foram emitidas nos últimos anos.

O espaço aéreo civil americano deverá estar aberto para o uso de drones em 2015 e, na Europa, no ano seguinte.

Deixe seu comentário