ArcelorMittal lança Açolab em Minas Gerais

1
141

Em uma iniciativa pioneira na indústria do aço nacional, a ArcelorMittal lança o Açolab nesta quarta-feira, 4, no Vale do Sereno, em Nova Lima (MG). O local será referência para estimular ideias inovadoras no setor do aço e em sua cadeia de valor. O espaço receberá startups, parceiros, representantes do meio acadêmico e profissionais da empresa envolvidos no desenvolvimento dos projetos.

Os principais objetivos desse ambiente colaborativo são  incentivar e acelerar o desenvolvimento de soluções inovadoras, fortalecer o ecossistema – que já é característico da ArcelorMittal – e envolver os clientes e parceiros junto às startups.

O Açolab faz  parte dos investimentos  de R$ 30 milhões que este segmento da empresa está fazendo em inovações de TI e Digital ao longo de  2018. Ele foi concebido a partir de benchmarks realizados no Brasil e em outros ecossistemas de inovação, como por exemplo, o Vale do Silício, na Califórnia. Trata-se de mais um movimento da empresa no sentido de valorizar o Brasil e reforçar a importância da inovação para o negócio.

Localizado em uma região caracterizada pela proliferação de ecossistemas de inovação e empreendedorismo, o Açolab terá como equipe residente o time de Estratégia e Inovação Digital da ArcelorMittal. Com uma "pegada" também sustentável (produtos mais recicláveis e uso eficiente e responsável de recursos), os projetos vão ser realizados por equipes multifuncionais. No momento, oito iniciativas das áreas comercial, industrial, logística e do Centro Corporativo da ArcelorMittal na capital mineira – que estão em andamento – vão ter continuidade no novo ambiente. A intenção é que o desenvolvimento de um projeto de inovação seja ágil e de rápida execução.

A criação do Açolab representa a  busca por uma modelagem cultural dentro da própria organização. O laboratório também sediará encontros com clientes, rodadas de identificação de necessidades com clientes internos e externos, treinamentos em metodologias e ferramentas de inovação, ciclos de palestras com convidados e hackathons.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário