Pega utiliza abordagem de design thinking para desenvolver softwares low-code

0
36

A Pegasystems Inc anuncia o Pega Express – uma nova metodologia de desenvolvimento de software low-code, integrada à Pega Platform, para ampliar a rapidez, potência e usabilidade do low code (que possibilita a programação de aplicações com pouca ou nenhuma necessidade de codificação). A metodologia orienta os usuários corporativos, passo a passo, para projetar e implementar rapidamente suas aplicações e software (MLPs -produtos mínimos viáveis) e escalá-los no futuro, sempre que necessário.

A metodologia Pega Express utiliza uma abordagem de design thinking, por meio de uma interface com mecanismos de arrastar e soltar guiada no ambiente do App Studio da Pega Plataform.  "Vejo que o mercado entendeu que o foco de todo e qualquer negócio é o cliente. Assim, existe uma busca por facilitar e ajudar as empresas a serem mais ágeis rumo à transformação digital. Com isso em mente, o principal objetivo das plataformas low-code é facilitar a criação, desenvolvimento e atualização de aplicações corporativas, eliminando a burocracia e limitações técnicas de seus idealizadores", aponta Dagoberto Freitas, executivo de Clientes Sênior da Pegasystems Brasil.

A Pega Platform é uma aplicação baseada na nuvem que proporciona a qualquer pessoa o poder e a liberdade de criar experiências valiosas para o usuário e jornadas envolventes para o cliente. Por meio de uma abordagem intuitiva e visual para o desenvolvimento de aplicações, permite melhorar a colaboração entre negócios e TI, com tempo de entrada de novos produtos ou serviços no mercado de forma mais rápida e com custos menores. Além de garantir sistemas que resistam ao futuro e evoluam conforme os negócios e a tecnologia avançam. A Pega Platform também inclui capacidades de IA, gerenciamento de casos e automação de ponta a ponta, e estende as aplicações a qualquer canal ou dispositivo.

"Na Pega, temos como missão permitir que profissionais sem conhecimento aprofundado em linguagens de programação possam criar e desenvolver aplicações com facilidade. "As plataformas low-code são vantajosas na criação de softwares, uma vez que requerem menos esforço, menos pessoal e permitem desenvolvimento com maior velocidade, entregando resultados compatíveis com a expectativa e necessidade de empresas de todos os tamanhos", afirma Freitas.

A metodologia estará disponível com o lançamento da Pega Platform 8.4, prevista para o final deste mês.

Deixe seu comentário