Tencent perde US$ 17,5 bilhões de valor de mercado em apenas um dia

0
0

A Tencent Holdings, operadora da rede social dominante da China, We Chat, e editor do jogo móvel de role-playing mais popular do mundo, Honor of Kings, teve um queda abrupta na bolsa de Hong Kong nesta terça-feira, após o porta-voz do Partido Comunista da China, o jornal People's Daily descrever seu jogo como "veneno" e "droga" e que está prejudicando os adolescentes. As ações caíram até 5,1%, eliminando quase US$ 17,5 bilhões em valor de mercado.

The People's Daily criticou o jogo de smartphone mais rentável da Tencent em um editorial, citando-o como um exemplo de como os jogos viciantes espalham "energia negativa" e até levam a mortes. O comentário crítico aconteceu depois que a empresa impôs restrições ao tempo de jogo de uma hora diária para os menores que formam uma base ativa de mais de 100 milhões de usuários mensais.

"O artigo leva à preocupação de que a China possa intensificar a regulamentação nos jogos móveis. Em particular, limitando o acesso dos jovens a esses jogos", disse Paul Pong, diretor-gerente da Pegasus Fund Managers em Hong Kong.

Mas, segundo um analista da Morningstar, a popularidade universal do jogo não deverá ser afetada significativamente pela crítica e nem afetar a receita da Tencent no longo prazo, pois o Honor of Kings tem uma base de jogadores diversificada, não apenas de jovens. "E mesmo eles descobrirão maneiras de continuar jogando os jogos".

Deixe seu comentário