Twitter reforça ferramenta depois de petição online pedir medidas contra abusos na rede

0
2

O Twitter atualizou sua política de uso em razão de uma petição online, assinada por mais de 125 mil pessoas, exigindo que criasse um botão que permitiria que usuários da rede social possam reportar abusos. O pedido foi desencadeada por uma série de ameaças recebidas por uma parlamentar britânica que protagonizou uma campanha bem-sucedida para que a escritora Jane Austen passasse a constar da nota de dez libras na Grã-Bretanha. Ela foi alvo de constantes e violentas ameaças, inclusive de estupro, por meio de tweets.

De acordo com o jornal britânico Financial Times, a rede de microblogs cedeu à pressão popular e revisou suas regras para vetar o comportamento abusivo na rede, além de aprimorar sua ferramenta de denúncia, permitindo aos usuários que marquem conteúdo diretamente no tweet em questão, em vez de ter que fazer o comunicado a central de atendimento do site. O recurso, lançado inicialmente para iPhone, será liberado para dispositivos com sistema operacional Android e na web no próximo mês.

"As pessoas merecem se sentir seguras no Twitter", disse o gerente geral da empresa para o Reino Unido, Tony Wang. "Vocês nos disseram que precisamos tornar as regras mais claras, simplificar o procedimento para denúncia de abusos e promover o uso responsável do Twitter." As novas políticas serão aplicadas no mundo todo.

Deixe seu comentário