São Paulo tem novo novo centro de inovação e tecnologia para área legal

0
0

A cidade de São Paulo acaba de ganhar um importante centro de inovação e tecnologia. O espaço Future Law Innovation Center powered by Thomson Reuters, uma iniciativa da plataforma de transformação digital Future Law com apoio da multinacional de soluções em tecnologia Thomson Reuters.

O objetivo do FLIC é proporcionar um espaço de liberdade com estímulo à inovação e à diversidade, para fomentar o desenvolvimento de soluções práticas e respostas confiáveis para diferentes segmentos da economia e da sociedade.

A Future Law é uma iniciativa dos advogados Christiano Xavier, mestre em Direito dos Negócios pela FGV; Alexandre Zavaglia, professor e palestrante especializado em Direito Digital; e Bruno Feigelson, diretor-presidente da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs.

O FLIC conta com dezenas de professores e orientadores que atuam em empresas referência em seus segmentos. É uma forma de garantir conteúdos de qualidade e que representem a realidade do mercado. O centro terá cursos de direito, inteligência artificial, uso de dados, marketing, inovação, empreendedorismo, futuro tributário, entre outros. Além de promover palestras, debates e eventos Hackathons sobre temas correlacionados, o espaço conta com dois laboratórios de inovação – cada um com capacidade para 40 pessoas – e um ambiente que permite a configuração do espaço em salas de aula. A estimativa é que cerca de 800 pessoas circulem pelo local todos os meses.

Uma das apostas do FLIC para alcançar bons resultados é promover a diversidade, sobretudo por meio da metodologia de Design Thinking unir profissionais de diferentes setores para discutir possíveis soluções para o mesmo tema e, dessa forma, chegar a denominadores comuns que possam viabilizar inovações que saiam do papel. Principalmente em ações e projetos sociais. Um dos exemplos que já está sendo estudado é o desenvolvimento de tecnologias que aproximem pessoas que denunciam a violência contra mulher do poder público, facilitando o diálogo e o combate a este tipo de crime.

O FLIC é o primeiro centro de inovação patrocinado pela Thomson Reuters na Aérica Latina. O Brasil foi escolhido devido à relevância do mercado local, potencial criativo e complexidade regulatória. A empresa já desenvolve eventos e programas de aceleração de startups para os segmentos jurídico, de comércio exterior e de gerenciamento de risco.

A Thomson Reuters é mantenedora do CodeX Stanford Center for Legal Informatics, centro de inovação para o direito na Universidade Stanford, na região do Vale do Silício, nos EUA. A companhia também mantém seis laboratórios de inovação (Boston, Cidade do Cabo, Waterloo, Londres, Cingapura e São Francisco), que colaboram para resolução de grandes problemas globais, usando ciência de dados e técnicas lean, assim como uma incubadora de startups (Zurique), e iniciativas como a promoção de mentorias, a oferta de recursos de parceiros, escritórios, networking e acesso a dados e tecnologias.

Deixe seu comentário