Ano de 2017 deve apresentar boas oportunidades para diretores de tecnologia, diz consultoria

0
3

O ano de 2017 deve apresentar boas oportunidades para diretores de tecnologia (CTO), que têm sido reconhecidos como peças-chave em empresas estruturadas, por conta da valorização do conhecimento em sistemas e capacidade de proporcionar inovação, além de entendimento amplo do negócio, de acordo com o Guia Salarial 2017 da consultoria Robert Half.

"Este profissional deve ter pensamento estratégico, compressão dos cenários de concorrentes, visão de futuro e leitura das tendências e caminhos da empresa e setor, reunindo velocidade de aprendizado, curiosidade e capacidade de solucionar problemas", diz Fábio Saad, gerente sênior da Robert Half.

O levantamento aponta o protagonismo da tecnologia como responsável por transformar os negócios e manter a competitividade das empresas, fazendo com que a área deixe de ser vista como suporte para ser projetada à posição estratégica, abrindo oportunidades para profissionais qualificados que tenham em seu DNA habilidades comportamentais e visão de negócios.

"O profissional de tecnologia passa a ocupar o papel que foi do engenheiro recentemente, ou seja, passa a ser visto com uma peça que pode ser encaixada em qualquer área.  Uma tendência, por exemplo, é CIOs se tornarem CEOs", aponta Saad.

De acordo com o Guia Salarial 2017, o avanço para a esfera virtual proporciona boas oportunidades para os profissionais com afinidade com o mundo digital. "É possível observar setores como varejo, bens de consumo e serviços com investimentos agressivos para criar plataformas de e-commerce, mobile e aplicativos. O mercado das fintechs também aumentará a procura por tais perfis", explica Saad.

A importância estratégica da tecnologia tem demandado perfis híbridos de profissionais até mesmo para cargos operacionais. É preciso aliar a capacidade de programar em qualquer linguagem, especialmente iOS e Android, com visão de negócio.

O mercado de tecnologia segue aquecido também para profissionais temporários, principalmente para projetos ligados a cloud (computação em nuvem), big data e para a transformação em empresas que ainda não são digitais.

Demanda Perfil Oportunidades
Gerente de Projetos, Gerente de Tecnologia, Devops, Consultor Funcional, Analista de Negócios e de Suporte Experiência sólida, inglês, perfil mais interativo e relacionamento interpessoal Empresas Mobile e Web, Startups em geral, Fintechs e Varejo

 

 

Posições de destaque

2016 2017
Desenvolvedor de Software R$ 3.100 – R$ 8.000 R$ 3.255 – R$ 11.000
Gerente de produto R$ 8.000 – R$ 15.000 R$ 8.000 – R$ 20.000
Gerente de Big Data R$ 8.000 – R$ 18.000 R$ 10.000 – R$ 20.000

 

Deixe seu comentário