Hackers sequestram computadores de cidade no interior de SP

0
34

A cidade de Barrinha, no interior de São Paulo, está sem acesso a serviços públicos desde a semana passada, quando os computadores da prefeitura foram invadidos por hackers. Os criminosos responsáveis pela invasão aos servidores pediram resgate em bitcoins, segundo apuração da EPTV, afiliada da TV Globo. 

Na mensagem deixada em inglês, os hackers informaram que o preço estaria sujeito à agilidade da resposta.

Identificado na última segunda-feira, 28, o ataque criptografou dados e impossibilitou o acesso aos sistemas administrativo, contábil e financeiro da administração municipal, que decretou estado de emergência. Sistemas foram invadidos e dados acabaram criptografados. Emissões de nota fiscal, alvarás, certidões e pagamentos a 1 mil servidores estão suspensos.

O caso foi levado ao conhecimento da Polícia Civil e da Polícia Federal. Segundo o delegado Rodrigo Pimentel Bortoleto, no âmbito da Polícia Civil o caso será investigado como extorsão.

O inquérito vai buscar a origem da invasão e a identidade dos responsáveis. O delegado não descarta o envolvimento de pessoas de fora do país.

O crime inviabilizou, por exemplo, os pagamentos dos cerca de 1 mil funcionários públicos, que deveria ter ocorrido nesta quinta-feira, 31.

Os computadores já foram enviados a São Paulo para uma empresa especializada. A expectativa é de que ao menos parte dos salários seja paga a partir desta quarta-feira, 6, para servidores da educação.

Deixe seu comentário