Publicidade
Início Notícias Inovação Investimentos no Programa TechD devem chegar a R$18 milhões

Investimentos no Programa TechD devem chegar a R$18 milhões

0
Publicidade

Estão abertas até o dia 13 de maio de 2019 as inscrições para o credenciamento de startups e demais desenvolvedores no projeto TechD, que visa promover um intercâmbio de informações e dar maior visibilidade às empresas do setor de Tecnologia da Informação (T.I.) do Brasil em âmbito internacional.

O projeto é resultado de uma parceria entre a Softex – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e foi lançado em junho de 2018. Seu objetivo principal é aproximar empreendedores e pesquisadores, integrando universidades, startups e empresas do setor produtivo.

As inscrições para essa fase da TechD iniciaram no dia 4 de abril e as startups ou empresas de T. I. terão até o dia 13 de maio para cadastrarem-se dentro de uma das quatro vertentes temáticas que foram definidas por mais de 150 instituições credenciadas ao CATI (Comitê de Área de Tecnologia da Informação), que são: IoT (Internet of Things – Internet das Coisas); Saúde; Energia e Mobilidade. As que forem selecionadas serão orientadas a desenvolver projetos – ou personalizar, caso já possuam algum – com soluções tecnológicas voltadas para as empresas-âncoras cadastradas na etapa anterior.

Os projetos serão iniciados em 2 de setembro de 2019 e terão o prazo de 12 meses para serem desenvolvidos. “A Softex disponibilizará um aporte financeiro de até 500 mil reais para o desenvolvimento de cada projeto e, no total, serão investidos 5 milhões de reais em projetos. Mas, as empresas-âncoras também podem investir valores à parte, sendo que o total estimado de investimentos feito pela Softex e pelas empresas-âncora deve chegar a 18 milhões de reais”, garante Ana Luiza Nogueira, Analista de Inovação da Softex.

A Softex está realizando um evento itinerante pelo Brasil para divulgar e explicar o programa. No Paraná, o evento aconteceu na última semana de abril, na Assespro – PR (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Paraná), que é uma das parceiras do projeto. “Programas como esse são de extrema importância para fomentar a visibilidade das instituições brasileiras de T. I. ao redor do mundo”, afirma Adriano Krzyuy, diretor-presidente da entidade.

O Programa TechD teve início em 2018 e foi dividido em três etapas de realização. Na primeira, foram selecionadas e cadastradas instituições credenciadas ao CATI, que, em geral, são universidades e centros de P&D, que podem dar o suporte de pesquisa no desenvolvimento de tecnologia, tanto para as startups quanto para as indústrias. No total foram selecionadas 22 instituições e dentre as paranaenses estão o Senai de Londrina e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu.

A segunda etapa realizou a seleção de 36 empresas-âncora, indústrias que demandam as soluções tecnológicas a serem desenvolvidas no programa. Dentre as empresas selecionadas no Paraná estão: Positivo, Furukawa, GTI, Associação Evangélica Beneficiente de Londrina, Caemmun e Sercomtel.

Na terceira e última etapa, que está com as inscrições abertas, serão selecionadas as startups e empresas de tecnologia que podem produzir essas soluções tecnológicas que as empresas-âncoras precisam e serão guiadas também pelas instituições selecionadas na primeira etapa.

Em relação à patente das soluções, Ana Luiza Nogueira explica que há um Termo de Cessão de Propriedade Intelectual que está dividido em três partes: Titularidade; Direitos Autorais; e Exploração Econômica. Sendo que as duas últimas serão de quem realmente desenvolveu a tecnologia – as startups, por exemplo –, e a Titularidade ficará com a Softex, como forma de resguardar o investimento realizado por ela. Além disso, há a possibilidade de que empresas do mundo inteiro tenham acesso a essa solução tecnológica, caso seja de interesse do desenvolver.
Clique no link a seguir para informações e inscrições no Techd.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile