Kaspersky e AVL Software and Functions desenvolvem controlador seguro de direção autônoma

0
0

A Kaspersky anuncia a primeira integração do seu novo KasperskyOS automotivo com uma unidade de controle (ECU) presente em um avançado sistema de assistência ao motorista (ADAS), desenvolvido pela AVL Software and Functions GmbH (AVL SFR). O controlador é uma plataforma aberta e personalizável usada para criar protótipos ou unidades em série e ela foi criada seguindo o conceito de "design seguro", pois opera com o KasperskyOS.

O sistema operacional seguro da Kaspersky nesta aplicação desempenha o papel de proteger a comunicação entre os componentes do assistente ao motorista e garantir a segurança das funções tecnológicas do veículo autônomo. Ele garante ainda que as funcionalidades adicionais – que são desconhecidas do usuário ou são adicionadas por atualizações do sistema – não sejam exploradas e não afetem o desempenho do carro.

Segurança dos carros autônomos

A automação de veículos deverá melhorar a vida das pessoas, aperfeiçoando a experiência de mobilidade, aumentando a capacidade das estradas e disponibilizando o tempo que antes seria gasto na direção. No entanto, uma das principais preocupações em relação à tecnologia é sua segurança. Vários casos demonstram como a cibersegurança é importante para garantir a integridade física, à medida que vulnerabilidades permitem que criminosos assumam o controle de um carro. Por isso, a Kaspersky continua sua pesquisa e o desenvolvimento de soluções e serviços para proteger veículos com funcionalidades de assistência ao motorista por meio da colaboração com a AVL SFR, que faz parte da maior empresa independente de engenharia automotiva do mundo, para o desenvolvimento, simulações e testes.

Baseada em uma nova plataforma de unidade de controle da AVL SFR, o controlador para assistentes ao motorista conta com dois processadores em um chip de alto desempenho, um controlador de segurança e oferece alta conectividade, incluindo links para câmeras, Lidars (sigla em inglês para Detecção e Variação de Luz) e outros componentes relacionados. A plataforma de hardware também dá suporte aos padrões CAN (Controller Area Network) e Ethernet automotiva, possibilitando a comunicação segura entre os dispositivos de um veículo.

Na maior parte dos casos conhecidos, criminosos exploraram erros no código deixados involuntariamente pelos desenvolvedores. Isso pode acontecer porque os veículos modernos são sistemas complexos, o que torna difícil gerenciar a segurança de todos os componentes.

Além disso, esses sistemas são atualizados regularmente e é importante garantir que as alterações em um componente não afetem o funcionamento do veículo. E o KasperskyOS proporciona uma forte separação entre estes componentes, de modo que, por padrão, não seja possível nenhuma interferência indesejada. A interação entre todos os componentes eletrônicos é controlada pelo Kaspersky Security System, o mecanismo de política de segurança do KasperskyOS. Ele monitora a execução de processos, assim como a comunicação entre cada componente e com o sistema operacional.

Como novo parceiro da AUTOSAR, um consórcio que tem como objetivo desenvolver padrões comuns para a arquitetura de software automotivo, a Kaspersky também produziu um kit de desenvolvimento de software (SDK) intitulado Kaspersky Automotive Adaptive Platform. Com este SDK, a AVL SFR pode desenvolver sistemas para veículos automatizados e direção autônoma, pois ele fornece recursos de piloto automático, segurança e monitora sua integridade. Esse conjunto de bibliotecas também possibilita a adoção de outros sistemas, seguindo os requisitos adaptativos da AUTOSAR, e funciona no KasperskyOS sem a necessidade de alterações. A Kaspersky Automotive Adaptive Platform está pronta para ser entregue, e a AVL SFR tem apresentado seu aplicativo de piloto automático para vários clientes do setor automotivo.

A unidade de controle para assistentes de motorista da AVL SFR já está pronta para realizar protótipos em soluções embarcadas (OEMs) ou com fornecedores de Nível 1.

Deixe seu comentário