ForeScout abre operações no Brasil com foco em segurança de IoT

0
520

ForeScout Technologies, Inc., empresa com foco  em segurança para Internet das Coisas (IoT), anunciou nesta terça-feira, 7, a abertura oficial de suas operações no país, após ter trabalhado nos últimos anos com parceiros independentes, que conquistaram 10 clientes, entre os quais Optum, Totvs e Droga Raia.

Nycholas Szucko

Para como a operação, contratou Nycholas Szucko como seu novo country manager para o Brasil e general manager do Sul da América Latina, que será responsável pelo desenvolvimento de novos negócios, canais e suportar a operação.  O executivo anuncia planos de expansão no País e região (Argentina, Peru, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai), com a distribuição através da Westcom e por de um novo programa de canais de venda em implantação.

As verticais as quais a ForeScout dará foco será as indústrias de Serviços Financeiros e Governo, assim como as áreas de Saúde, Manufatura e Varejo.

O foco da empresa é segurança para IoT para mpulsionar projetos de proteção relacionados à automatização de setores como Varejo, Automobilístico, Indústria 4.0, etc, abrindo oportunidades de novos negócios para a companhia.

A Forescout foi fundada em Israel e está em fase de pré-IPO. Em janeiro do ano passado o fundo de investimentos Wellington Management Company LLP anunciou um investimento de US$ 76 milhões em financiamento adicional, avaliando a empresa em US$ 1 bilhão. A ForeScout triplicou sua avaliação nos últimos 18 meses, ao mesmo tempo tendo superando US$ 125 milhões em receita no ano fiscal de 2015. A empresa alcançou mais de 50% de taxa de crescimento anual composta desde 2012. Tem mais de 600 funcionários e deverá chegar a mil no final deste ano com cerca de mil profissionais. Atua em 60 países e contabiliza mais de 2.200 clientes.

IoT

O Gartner prevê que o número de dispositivos conectados no mundo deve chegar a 30 bilhões de coisas até 2018. Ainda, de acordo com o Gartner, até 2020, mais de 25% dos ataques identificados nas empresas terão envolvimento com dispositivos conectados de Internet das Coisas e até lá é previsto também que mais da metade de todas as implementações da IoT usará alguma forma de serviço de segurança oferecido no modelo Cloud.

De acordo com Nycholas Szucko, a ForeScout anunciou uma importante aliança com a Amazon Web Services visando reforçar sua oferta de proteção em nuvem, indo ao encontro de previsões de que a tecnologia de IoT precisará dos serviços de segurança em Nuvem para ganhar escala e conseguir entregar um nível aceitável de operações às empresas.

Deixe seu comentário