E-commerce de energia BBCE contabiliza R$ 45 milhões em acordos entre janeiro e março

0
0

A plataforma eletrônica de negociação de energia elétrica Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia (BBCE) vem registrando, em média, 150 contratos fechados a cada mês e aproximadamente 1,5 mil ofertas neste ano. A empresa atribui o ritmo acelerado de crescimento à competitividade do Ambiente de Contratação Livre (ACL) de energia no Brasil, local onde é possível escolher os fornecedores de eletricidade. Segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), de janeiro a junho deste ano, foram registrados mais de 700 pedidos de consumidores para participar do ACL.

Os números da plataforma BBCE foram calculados com base em seu desempenho no primeiro trimestre deste ano. O e-commerce registrou 4.666 ofertas e 450 acordos por meio do seu ambiente digital, no valor de R$ 45 milhões, com a negociação de 700 mil MWh. "O mercado livre deve manter sua competitividade por bom tempo e isso vai favorecer a expansão de nossa plataforma", afirma Victor Kodja, presidente da BBCE.

Dos participantes da plataforma BBCE, 60% são comercializadores de energia, 26% geradores, 4% consumidores e 10% de outros tipos, como o mercado financeiro. Atualmente, 30% do volume de negócios da plataforma são realizados por usuários que não fazem parte do quadro de acionistas.

O Balcão Brasileiro de Comercialização de Energia foi fundado em 2012 e hoje conta com 18 sócios acionistas. Por meio de uma plataforma digital desenvolvida entre os próprios agentes do setor, a empresa oferece um ambiente de negociação de contratos em tempo real, com aumento da  simetria, da redução de custos e da agilidade, permitindo assim maior liquidez ao segmento.

Deixe seu comentário