App usa blockchain para rastrear qualidade e origem do café

0
26

Um novo aplicativo móvel para consumidores chamado "Thank My Farmer" vai permitir que apreciadores de café rastreiem o produto para entender sua qualidade e origem e até apoiem o agricultor que cultivou os grãos. Desenvolvido com empresas líderes em toda a cadeia de suprimentos global, incluindo a brasileira Volcafe, além da Beyers Koffie, Federação Colombiana de Produtores de Café (FNC), ITOCHU Corporation, Jacobs Douwe Egberts (JDE), Empresa JM Smucker, Rabobank, RGC Coffee, Sucafina e Yara International, o Farmer Connect é uma plataforma de rastreabilidade desenvolvida pelo IBM Blockchain projetada para ajudar a aumentar a rastreabilidade, eficiência e justiça na cadeia de suprimentos de café.

Atualmente, os consumidores de café consomem mais de meio trilhão de xícaras por ano, e até dois terços dos consumidores entre 19 e 24 anos dizem que preferem comprar café cultivado de forma sustentável e de origem responsável. Mas, apesar do progresso dos órgãos internacionais de certificação, ainda há falta de conhecimento sobre a necessidade de os cafeicultores lucrarem o suficiente para levarem seus produtos ao mercado.

Sua grande cadeia de suprimentos global dificulta a rastreabilidade do café. Uma vez cultivados, o grão faz diversas paradas, inclusive em cooperativas, exportadores, expedidores, importadores, torrefadores, distribuidores e varejistas antes de finalmente chegar ao consumidor. Cada participante desse complexo sistema rastreia apenas seu pequeno segmento da jornada e cada um usa seu próprio sistema para registrar dados. Isso significa que as informações sobre o produto estão fragmentadas.

Os consumidores que esperam diminuir a distância entre o barista do bairro e o agricultor que cultivou seu café agora têm uma solução, graças à mesma tecnologia Blockchain por trás do IBM Food Trust. O Farmer Connect está apresentando o aplicativo "Thank My Farmer", um sistema voltado para o consumidor que extrai informações diretamente do Blockchain de uma maneira padronizada que pode ser usada em todo o setor. Ele conecta o usuário a agricultores, comerciantes, torrefadores e marcas. As informações são apresentadas em um mapa interativo, permitindo que cada produto conte uma história de maneira simples e escalável. O aplicativo "Thank My Farmer" também apresenta projetos de sustentabilidade nas comunidades cafeeiras e uma oportunidade para os consumidores apoiá-los.

A tecnologia Blockchain junta todas as partes da cadeia de suprimentos de café, simplificando a troca e o rastreamento de informações e pagamentos e permitindo que o setor trabalhe em conjunto com mais confiança. Ele cria uma cadeia digitalizada permanente de transações que não podem ser alteradas. Cada participante da rede possui uma cópia exata dos dados e as adições à Blockchain são compartilhadas em toda a rede com base no nível de permissão de cada participante. Agricultores, atacadistas, comerciantes e varejistas podem interagir de forma mais eficiente usando acesso abrangente a dados em tempo quase real e os consumidores podem ter novas ideias sobre a origem dos produtos que consomem.

"A meta é humanizar o relacionamento de cada consumidor de café com sua xícara diária", afirma David Behrends, fundador e presidente da Farmer Connect. "Os consumidores agora podem desempenhar um papel ativo na governança da sustentabilidade, apoiando os cafeicultores nos países em desenvolvimento. Através do Blockchain e deste aplicativo de consumidor, estamos criando um ciclo virtuoso".

O novo aplicativo móvel será lançado no mercado geral no início de 2020. Usuários nos Estados Unidos e no Canadá poderão digitalizar códigos QR no café premium da marca 1850®. Os consumidores europeus poderão acessar o aplicativo "Thank My Farmer" por meio de uma nova marca de origem única, a Beyers 1769, assada na Beyers Koffie.

À medida que o aplicativo se expandir em 2020, grandes e pequenas empresas serão convidadas a participar e os consumidores de café poderão apoiar as comunidades onde o café é cultivado, financiando projetos locais. O Farmer Connect está incorporando atualmente a identidade auto soberana, uma nova forma de identidade digital criada com base na tecnologia de contabilidade distribuída, em colaboração com a Sovrin Foundation. Isso fecha o ciclo de uma economia circular que aumentará os meios de subsistência dos pequenos produtores, oferecendo transparência e uma melhor experiência para o consumidor.

Este trabalho com o Farmer Connect também é outro exemplo do impacto da IBM que estende a adoção da tecnologia Blockchain em muitos setores e casos de uso, transformando processos de negócios inteiros e fornecendo aos consumidores informações mais confiáveis. A IBM convocou redes Blockchain inovadoras em áreas como segurança alimentar, remessa global, financiamento comercial, mineração responsável e muito mais.

Deixe seu comentário