Senior cresce 25,9% em receitas no primeiro trimestre de 2015

0
0

A Senior, empresa de desenvolvimento de softwares para gestão, anuncia que alcançou um aumento de 25,9% nos resultados do primeiro trimestre de 2015, em comparação com igual período do ano passado. Carlênio Castelo Branco, presidente da companhia, comenta que não faltaram desafios e muitos outros deverão surgir, entretanto, os profissionais da empresa conseguiram lidar com as situações adversas e encontrar soluções para transformar crise em oportunidade.

"O primeiro trimestre é tradicionalmente um período de atividade mais lenta, em função do menor número de dias úteis e do comportamento do mercado. Apesar disso, mantivemos crescimento saudável, demonstrando que a diversificação e investimentos em expansão nos permitem encontrar e explorar oportunidades mesmo em cenários macroeconômicos desfavoráveis. Nossa atuação em companhias que acreditam nos custos-benefícios dos investimentos em TI contribuiu com um aumento de 14,2% em nossa receita, que alcançou R$ 45 milhões", detalha o executivo.

Entre as sete filiais mais a matriz, o grande destaque ficou com o Rio de Janeiro, que mais do que dobrou sua receita de um ano para o outro, com crescimento superior a 113%, seguido pelo Rio Grande do Sul, com crescimento de 45%. Carlênio acredita no potencial de todas as regiões do país e explica que algumas situações eventuais concederam vantagens a essas duas filiais, como o fechamento de importantes contratos e a possibilidade de melhores controles de custos.

"No varejo, por exemplo, entregamos soluções específicas para os segmentos de eletromóveis e de drogarias e farmácias", afirma Carlênio. Nesse cenário de grandes receitas e maior demanda por automação, a Senior passou a oferecer desde o ano passado soluções tecnológicas moldadas às necessidades desses dois segmentos, formados por players nacionais e internacionais.

"Além disso, Cloud Computing e soluções em logística se tornaram mais representativos – principalmente por conta da recente aquisição da Sythex, de supply chain  e devem seguir crescendo", complementa. Em 2014, a Sythex obteve receita de R$ 13 milhões e, somente no primeiro trimestre de 2015, R$ 4 milhões; o que representa 40% a mais do que o mesmo período do ano passado. Estes números vão contribuir para que a Senior alcance a meta de manter sua curva de crescimento acima dos 25%, seguindo o mesmo ritmo do ano anterior.

Deixe seu comentário