Verizon Enteprise acelera crescimento com serviços de cloud na América Latina

0
2

Contando com uma infraestrutura global de uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo, a subsidiária Verizon Enterprise investe para crescer no mercado latino-americano de soluções de cloud, com um leque de ofertas que inclui também serviços de virtualização, armazenamento, data recovery, segurança e aplicações de banco de dados Oracle e ERP SAP Hana.

RiveroA informação é de Rafael Rivero, diretor geral para América Latina, que completa um ano este mês à frente da subsidiária América Latina, com base em São Paulo, contando com a retaguarda de uma infraestrutura de data centers no Brasil, Argentina, Colômbia e México, além do megadatacenter Américas, situado em Miami, que pertencia a Terremark, adquirida pela Verizon em 2011, para onde converge a conectividade de 160 carriers e 15 diferentes backbones, infraestrutura que permite oferecer um SLA de 100% aos clientes da região. "Todo o tráfego de internet da América Latina passa por esse centro'', revela, acrescentado que globalmente a empresa conta com 50 data center em 20 países para a área de enterprise.

A divisão enterprise da Verizon está presente em 150 países e 2.700 cidades, cobrindo 97% do mercado, atendendo as 1.000 maiores empresas do mundo que fazem parte do ranking da Fortune.

No Brasil está presente há 27 anos, quando as operações na região eram ofertadas pela MCI. Em 2006, com a criação da holding Verizon, resultado do merge entre a Bell Atlantic e a GTE, a nova marca se estabeleceu localmente, onde hoje conta com uma carteira de mais de 350 clientes, em sua maioria multinacionais de grande porte como GM, Walmart, Johnson & Johnson.

"Neste ano de 2015, comemoramos além do crescimento exponencial da empresa, a inauguração de nosso novo escritório, que além de contar com um espaço de demonstração de nossas soluções aos clientes, agregando num mesmo espaço as operações da Verizon e da Terremark, consolidando a marca Verizon Enterprise Solutions. Estamos crescendo a dois dígitos nos último 5 anos", diz Rivero, sem, no entanto revelar número locais ou por linha de produtos. Globalmente, o Grupo teve receitas de US$ 120,6 bilhões em 2013, o que a coloca na posição de 16 colocada no ranking da Fortune 500.

Nos Estados Unidos, sua rede wirelles LTE, lançada em 2010, atende mais de 100 milhões de assinantes, com uma cobertura de 97% das localidades daquele país. Alem disso, oferece uma rede de fibra ótica conectadas por mais de 20 diferentes operadoras e uma rede de microondas e satélites em mais de 10 carriers. "A Verizon já investiu mais de US$ 20 bilhões em sua rede de fibra ótica. Nos últimos cinco anos,  também fez as aquisições da Hughes ( serviços de satélite), CloudSwitch e Cybertrust (segurança)", acrescenta Rivero.

Serviços

Essa infraestrutura global, somada a uma equipe de mais de 177 mil funcionários no mundo, é a base para o portfólio da Verizon Entreprise no Brasil, dividido em serviços profissionais e serviços gerenciados, que engloba rede, cloud, M2M, segurança e aplicações de BD e ERP (Oracle e SAP).

O executivo explica que a empresa oferece aos clientes flexibilidade nas soluções na nuvem. "Se o cliente desejar colocation, temos o data center da Terremark. Na nuvem temos modalidade Enterprise, para grandes empresas, ou Cloud Swítch, para aquelas que querem mais liberdade de uso".

Outro recurso importante salientado por Rivero é a expertise no setor de segurança, uma vez que a empresa tem uma rede própria homologada no padrão PCI, o que permite aos bancos, operadoras de cartões, varejo, a trabalharem dentro das normas internacionais de compliance. A rede global Cyber Verizon está preparada para reconhecer, combater os ataques, mitigar os riscos, além de contar com estrutura de disaster/recovery. "Um dos nossos clientes é o Governo Federal norte-americano", diz o executivo.

Máquinas conectadas é outro mercado que a Verizon Enterprise está atuando no Brasil, tendo em vista experiência em conectividade, oferecendo serviços de gerenciamento conectados de ativos, monitoramento remoto, telemetria, smart energy, survelliance e automação para o varejo.

A empresa também conta com uma equipe especializada em verticais de mercado, tais como finanças e seguros, manufatura, mídia e entretenimento, setor público, logística, retail, utilities, transporte e saúde.

Nesse último segmento, através de uma doação e parceria entre a Verizon Foundation, GE e do Children National Hospital, iniciou no ano passado no Hospital Universitário de Belo Horizonte, o PROVAR – Programa de Rastreamento de Valvopatia Reumática, Verizon, tecnologia de diagnóstico precoce da doença, que consiste em um exame de ecocardiograma digital.

Deixe seu comentário