Despesas mundiais de capital com semicondutores devem crescer 2,9% em 2017

0
0

O Gartner, Inc., afirma que as despesas mundiais de capital com semicondutores devem aumentar 2,9% em 2017, alcançando US$ 69,9 bilhões, um crescimento menor se comparado aos 5,1% registrados em 2016.

"O crescimento mais forte em 2016 foi alimentado pelo aumento dos gastos no final do ano que pode ser atribuído a uma demanda por NAND flash (chip para armazenamento de dados que não necessita de eletricidade constante), que foi mais intensa nesse período e vai persistir durante a maior parte de 2017. Essa procura se deve a um mercado melhor que o esperado para smartphones, que está conduzindo uma atualização de gastos com NAND em nossa última previsão", explica David Christensen, analista Sênior de Pesquisas do Gartner. "Os gastos com NAND aumentaram US$ 3,1 bilhões em 2016 e diversos segmentos relacionados à fabricação de equipamentos wafer (fina fatia de material semicondutor) mostraram crescimento mais forte do que a nossa previsão anterior. Em 2017, os segmentos térmico, track e implante devem avançar 2,5%, 5,6% e 8,4%, respectivamente."

Comparado ao início de 2016, o panorama de semicondutores melhorou, especialmente em dispositivos de memória, devido aos preços mais altos e a um mercado melhor que o esperado para smartphones. Uma recuperação antecipada nos chips de armazenamento de dados deve impulsionar o crescimento em 2017 e ser ligeiramente reforçada por mudanças em aplicações-chave.

clique na imagem para ampliara

As fundições de wafers continuam a superar o mercado geral de semicondutores com processadores móveis da Apple, Qualcomm, MediaTek e HiSilicon como impulsionadores da demanda do processo de fabricação avançado de wafers. Em particular, a rápida migração para o 4G e os processadores mais poderosos resultaram em tamanhos de matrizes maiores do que os processadores de aplicativos da geração anterior, exigindo wafers com mais de 28 nanômetros (nm), 16/14 nm e 10 nm das fundições. As tecnologias secundárias continuarão a ser fortes com os controladores e circuitos integrados de driver de vídeo e chips de identificação de impressão digital com matriz ativa de emissão de luz orgânica por diodos (da sigla em inglês AMOLED).

Essa análise é realizada pelo programa de Fabricação de Semicondutores do Gartner. O projeto de pesquisas, que faz parte do grupo global de estudo de semicondutores, fornece uma visão abrangente de toda a indústria, desde a produção até as tendências do mercado de dispositivos e aplicações.

Deixe seu comentário